Seis conselhos de saúde essenciais para quem teve Covid

0

Quase dois anos após o início da pandemia, médicos e pesquisadores continuam buscando entender sobre a ação do Sars-Cov-2 no organismo humano. Um dos objetivo mais importantes, neste momento, é compreender e desenvolver estratégias para tratar a Covid longa ou a Covid persistente.

A Covid longa consiste em sequelas deixadas pela doença depois que o vírus já não está mais no corpo. Os sintomas incluem perda da massa muscular, cansaço físico e emocional, falta de ar, alterações de paladar e olfato e disfunções circulatórias, mas não aparecem em conjunto em todas as pessoas.

“Os sintomas são muito diversos, vão desde a formação de pequenos coágulos até a queda de cabelos”, explica Marcella Garcez, médica nutróloga e professora da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN).

As pessoas que foram infectadas pelo coronavírus devem fazer check ups periódicos para avaliar sua condição de saúde.  Veja abaixo uma série de conselhos médicos que devem ser observados durante a recuperação da Covid-19:

  1. Visite um cardiologista: De acordo com o médico Juliano Burckhardt, é importante que os pacientes que foram infectados procurem um médico cardiologista para avaliar a condição física depois da doença.

Também é importante que melhorem hábitos de vida, incluindo uma dieta balanceada e a prática de atividades físicas no cotidiano;

  1. Faça um check-up vascular: Também é indicada uma consulta com um cirurgião vascular, pois há risco de trombose semanas ou meses após a infecção. A incidência é até três vezes maior em pacientes que experimentaram quadros severos da doença.

O médico poderá iniciar um acompanhamento, com exames e recomendações importantes para evitar problemas desta ordem;

  1. Vá a um neurologista: Muitas pessoas que foram infectadas pelo vírus Sars-Cov-2 relatam, após algum tempo, sequelas neurológicas, que incluem fadiga, sensação de falta de ar, dores musculares, cefaleia, tontura frequente, dificuldades de memória e concentração, além de insônia.

Para tratar problemas assim, deve-se consultar um especialista, que poderá dar um suporte direcionado para os sintomas mais prevalentes;

  1. Evite alimentos inflamatórios: A inflamação gerada pelo vírus é um dos principais mecanismos envolvidos no surgimento das sequelas da doença, sendo importante evitar alimentos que pioram esse quadro, como comidas ricas em açúcar, ultraprocessados e bebidas alcoólicas.
  2. Aposte em alimentos funcionais: Para pacientes que enfrentam a Covid longa, é importante incluir na dieta alimentos ricos em ácidos graxos e ômega 3, como nozes, peixes, linhaça e chia, e em polifenóis, como frutas vermelhas e o chocolate amargo. Também são indicados alimentos fontes que contém ativos vasculotônicos, como as pimentas, as especiarias, o gengibre e a canela, e alimentos enriquecidos com probióticos, como o iogurte, o kefir o  kombucha;
  3. Invista nos suplementos: Assim como a alimentação, a suplementação é outra grande aliada na recuperação do bom funcionamento do organismo após casos de Covid-19, podendo ser usada como coadjuvante no tratamento das sequelas.

 

 

O post Seis conselhos de saúde essenciais para quem teve Covid apareceu primeiro em Metrópoles.