Madri enfrenta dificuldade com demanda por teste grátis de Covid-19; Infecções batem recorde

0
Madri enfrenta dificuldade com demanda por teste grátis de Covid e infecções batem recorde

Via Money Times 

A demanda por testes grátis de Covid-19 oferecidos pelo governo regional de Madri superou em muito a oferta nesta terça-feira, com longas filas do lado de fora de farmácias, enquanto o número nacional de infecções continua subindo com a expansão rápida da variante Ômicron.

O número de infecções pelo coronavírus na Espanha atingiu um novo recorde, subindo a 1.360 casos para cada 100 mil pessoas, registrados nos últimos 14 dias, com 1.206 casos na segunda-feira, um aumento de cinco vezes desde o início de dezembro, de acordo com dados do Ministério da Saúde.

Cerca de 250 mortes que aconteceram nos últimos sete dias foram reportadas na terça-feira, trazendo o total para 89.253.

Mas os hospitais continuam sob pressão muito menor do que em ondas anteriores da pandemia, enquanto o governo reportou que 80% da população com mais de 60 anos já havia recebido a dose de reforço da vacina.

A farmacêutica radicada em Madri Cristina Sánchez disse que tinha recebido apenas 20 kits de testes para distribuir na terça-feira como parte de um plano para reforçar a oferta após o esgotamento de testes pagos em farmácias, mas já havia mais de 30 pessoas esperando do lado de fora antes da abertura do estabelecimento.

“As pessoas que estão esperando do lado de fora, que estão com frio, que estão esperando por um longo tempo, não podemos distribuir mais para elas”, disse a farmacêutica à Reuters em seu estabelecimento no subúrbio de Madri.

O taxista Miguel Jesús Arroyo foi um dos sortudos a garantir um teste.

“Você precisa acordar cedo, pois se não vem cedo, tudo acaba num lampejo”, disse.

A Itália, um dos países mais atingidos pela pandemia, também reportou um aumento de infecções e longas filas em alguns centros de testes por drive-in.

 

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui