“Sinto a leveza e o peso de ser uma mulher gay”, diz Ludmilla

0

Em entrevista exclusiva à coluna LeoDias, Ludmilla abriu o coração e falou sobre o preconceito que sofre por ser uma mulher gay, mesmo nos dias atuais. Mas, apesar de tudo, a cantora conta que não sente a necessidade de fazer textão na internet:

“Sinto a leveza e o peso de ser uma mulher gay em um cenário musical brasileiro nos dias de hoje. Não sinto a necessidade de ficar fazendo textão, pois já é uma vivência minha. Sou casada com uma mulher, naturalmente vou postar ela ali no meu Instagram”.

Os comentários e ataques nas redes sociais motivaram Ludmilla a procurar terapia. Hoje, ela garante não viver sem: “Sofro muitos ataques. Perfis que me citam têm muito preconceito. Já abalou muito. Hoje não mais, pois comecei a me aprofundar no assunto, faço terapia, estou muito ocupada e não tenho tempo para me preocupar com isso. Mas já sofri muito e saí do Instagram por isso. Comecei a fazer terapia por conta dos comentários em rede social. Hoje ela é minha prioridade e faz tanta diferença”, garante.

Veja a entrevista completa no link abaixo:

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga @leodias no Instagram.

Agora também estamos no Telegram! Clique aqui e receba todas as notícias e conteúdos exclusivos em primeira mão.

 

O post “Sinto a leveza e o peso de ser uma mulher gay”, diz Ludmilla apareceu primeiro em Metrópoles.