Governo reajusta teto de aposentadoria do INSS para R$ 7.087

0

O governo federal publicou, nesta quinta-feira (20/1), a portaria interministerial que reajusta os valores dos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

O reajuste ocorre devido à alta de 10,6% registrada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), usado como base em alterações salariais e benefícios previdenciários.

Com a mudança, o teto da Previdência Social passa de R$ 6.433,57 para R$ 7.087,22 neste ano. O aumento salarial, com base no índice, será concedido a aposentados e pensionistas do INSS que recebem qualquer valor acima do salário mínimo.

A portaria, publicada no Diário Oficial da União (DOU), é assinada pelos ministros Onyx Lorenzoni (Trabalho e Previdência) e Paulo Guedes (Economia).

Veja a portaria na íntegra:

PORTARIA INSS REAJUSTE by Rebeca Borges on Scribd

O valor do benefício concedido sempre é definido pela variação do INPC do ano anterior. Para aqueles que receberam a aposentadoria ou pensão a partir de fevereiro de 2021, o valor é calculado de outra forma. Nesses casos, o valor varia de acordo com o primeiro mês de concessão do benefício.

O pagamento para o grupo que recebe acima de um salário mínimo terá início no dia 1º de fevereiro. O cronograma considera o dígito final do cartão do benefício — ou seja, o algarismo que aparece antes do traço. Veja as datas abaixo:

Em relação aos que recebem o benefício no valor de um salário mínimo, o aumento será maior, de 10,18%. Confira as datas de pagamento:

O post Governo reajusta teto de aposentadoria do INSS para R$ 7.087 apareceu primeiro em Metrópoles.