Pará de Minas emite alerta sobre risco de rompimento de barragem

0

A Prefeitura de Pará de Minas, município de Minas Gerais, emitiu neste domingo (9/1) alerta máximo a todas as famílias que moram abaixo da Usina do Carioca. A recomendação é de que todos os moradores deixem suas casas devido ao risco de rompimento da barragem.

Quem mora em Pitangui, Onça de Pitangui, São João e Cima, Casquilho de Baixo, Casquilho de Cima e Conceição do Pará, também recebeu o alerta. Veja o comunicado oficial:

Prefeitura de Pará de Minas emite alerta de rompimento de barragem

O prefeito da cidade, Elias Diniz, afirmou que disponibilizou um espaço para receber as pessoas, além de equipes de ação social. A prefeitura vai ofertar abrigo para quem não tem parentes próximos.

A preocupação deve-se devido ao aumento do volume de água na barragem causado pelas chuvas dos últimos dias. “Não é fake news. É um alerta geral”, afirmou o prefeito.

Veja vídeo da barragem transbordando:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Prefeitura de Pará de Minas (@prefeituraparademinas_oficial)

A seguir, vídeo com o prefeito da cidade fazendo o alerta aos moradores da região:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Prefeitura de Pará de Minas (@prefeituraparademinas_oficial)

Chuvas em Minas Gerais

Com as fortes e constantes chuvas que atingem a região central do país, os servidores que cuidam das rodovias estão tendo muito trabalho. Na tarde deste domingo (9/1), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que em Minas Gerais, estado brasileiro com a maior malha viária, havia 22 rodovias com trechos totalmente interditados e 64 pontos parcialmente fechados, levantamento que leva em conta vias estaduais e federais.

Devido às chuvas, cidades ficaram alagadas, uma barragem transbordou e uma tromba d’água provocou a queda de parte de um cânion no Lago de Furnas, Capitólio. Dez pessoas morreram.

O post Pará de Minas emite alerta sobre risco de rompimento de barragem apareceu primeiro em Metrópoles.