Família de funcionário de banco é feita refém em tentativa de roubo no interior de MG

0
Família de funcionário de banco é feita refém em tentativa de roubo em Jacuí (MG) — Foto: Reprodução/EPTV

A família de um funcionário de banco foi feita refém durante tentativa de roubo a uma agência bancária de Jacuí (MG), na quarta-feira (14). A ação foi flagrada pela Polícia Militar, que apreendeu um menor de idade na instituição financeira. A família do funcionário foi liberada em Guaxupé (MG) por outros suspeitos. Houve troca de tiros e um dos homens foi atingido pela polícia.

Segundo a Polícia Militar, a família do funcionário foi mantida refém entre a noite de terça-feira (13) e a manhã de quarta-feira (14). A polícia explicou que a família foi levada para a zona rural de Guaxupé e o crime ocorreria em Jacuí.

“Recebemos a informação sobre a família ter sido feita refém e deixada na zona rural de Guaxupé. Diante da informação de que havia uma família pedindo socorro, nos deslocamos com a viatura e nos deparamos com a esposa de um funcionário do banco em Jacuí. A família foi tirada da cidade de Jacuí e o funcionário mantido [pelos suspeitos] em Jacuí. Começamos então as diligências e tivemos a informação de que um dos suspeitos, o menor de idade, havia sido apreendido no banco”, explicou o capitão Thiago Henrique Salgado Abrahão da PM.

O capitão falou que o funcionário do banco foi liberado no momento em que o suspeito acabou apreendido na agência bancária.

“Temos um protocolo em todas as áreas da nossa região voltado para esse tipo de crime e ele funcionou. Foi percebida a ação dos marginais em tempo real e a equipe conseguiu fazer a apreensão do menor, e salvar o cidadão que havia sido feito refém”, falou.

A PM revelou que um dos suspeitos, durante a tentativa de fuga em Guaxupé, trocou tiros com os policiais e foi atingido. Ele foi socorrido e levado ao hospital.

Os veículos utilizados na tentativa do crime foram identificados pela polícia. De acordo com a Polícia Militar, as buscas continuam , com auxilio da aeronave Pegasus da PM para tentar localizar os outros suspeitos.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui