Mês da masturbação: 5 vezes que a Pouca Vergonha falou sobre o tema

0

Maio é o Mês Internacional da Masturbação. Apesar da prática não ter contra indicações e ser recomendada para todos, sempre que der vontade, é importante termos um mês dedicado todinho ao auto prazer.

E quando a gente fala desse tema, muitos tabus surgem. O maior deles envolve o prazer feminino. Cerca de 40% das mulheres brasileiras não têm costume de se tocar, de acordo com uma pesquisa conduzida na Universidade de São Paulo (USP) pela sexóloga Carmita Abdo.

E se tem algo que a Pouca Vergonha preza, é a satisfação plena e sexual de todas e todos, independente se isso inclui gozar ou não. Desde que seja algo que seja condizente aos desejos de cada um.


0

Por isso, matérias com dicas, informação e curiosidades sobre a masturbação estão sempre por aqui. Confira o que você não pode deixar de ler neste mês dedicado ao tema.

Aprendendo com quem sabe

A fim de normalizar a masturbação feminina e mostrar que os hábitos de auto prazer variam de acordo com cada pessoa, a Pouca Vergonha ouviu mulheres que entendem do assunto e sabem mandar ver quando o assunto é chegar ao orgasmo. E vale o recado: quando se fala em masturbação, não há maneira certa ou errada. Leia aqui: Masturbação em alta: 5 mulheres ensinam a gozar gostoso

Gozando sozinha em 9 passos

Para as adeptas ao manual do prazer, este guia vai ajudar a chegar lá em 9 passos. Desde a escolha do local, até alguns cuidados importantes que são fundamentais para evitar bloqueios. Veja aqui o guia.

Masturbação curativa

Além de proporcionar prazer e ser um ato de auto amor e cuidado, a masturbação ainda tem efeitos medicinais positivos. Isso porque, o orgasmo pode ajudar a aliviar cólicas menstruais. De acordo com um estudo que analisou 500 mulheres, chamado de Menstrubation, a masturbação é recomendada por 90% das participantes como método para alívio da dor menstrual. Confira a matéria aqui.

Evite esses passos na hora do prazer

E mesmo com muitas dicas sobre o que fazer para chegar lá na hora da masturbação, existem também algumas práticas que não são recomendadas. Antes de colocar as mãos em ação, vale conferir as táticas infalíveis para gozar bastante e não cometer pequenos erros na hora “H”. Confira nesta matéria.

Existe frequência ideal?

E por fim, depois de todas as dicas do que fazer e não fazer, tem gente que fica na dúvida: será que estou exagerando na masturbação? Sabemos que independente dos efeitos positivos, tudo que é exagerado e causa sofrimento pode ser prejudicial. Então, o especialista João Brunhara, urologista da clínica Omens, desmistifica alguns pontos sobre o assunto e alerta quando a prática saudável pode se tornar um risco. Veja a matéria aqui.

Confira o podcast Prazer sem tabus:

O post Mês da masturbação: 5 vezes que a Pouca Vergonha falou sobre o tema apareceu primeiro em Metrópoles.