Terracap transfere ao BRB gestão do Autódromo de Brasília por 30 anos

0

A Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) transferiu a gestão do Autódromo Internacional de Brasília ao Banco de Brasília (BRB), conforme adiantou a coluna. O Acordo de Cooperação Técnica nº 62/2022, assinado nesta quinta-feira (12/5), prevê a reativação e revitalização do espaço.

O BRB vai administrar o espaço por 30 anos. Nesse período, o banco, em convênio com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), realizará obras para reparar, revitalizar, modernizar, adequar e reconstruir as instalações do local. O objetivo é que o autódromo obtenha a homologação da pista de corrida pelas federações nacionais e internacionais de automobilismo e motociclismo, de forma que as competições possam ser realizadas em Brasília.

O presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, assinou nesta manhã os dois contratos. O governador Ibaneis Rocha (MDB) também estava presente na entrevista à imprensa em que anunciou o convênio. Ibaneis disse que “esse é o resultado de muito trabalho para que Brasília volte a ser palco de grandes competições”.

“Trabalhamos durante um ano nesse projeto do autódromo com a Terracap e o BRB. Agora é a etapa de efetivação das obras para que possamos contar novamente com as grandes personalidades do automobilismo, fazendo com que Brasília seja esse celeiro de grandes competidores e incentivando todas as modalidades esportivas para que a gente tenha uma cidade viva”, defendeu Ibaneis.

O presidente do BRB ressaltou a importância das assinaturas dos contratos e revelou que a cidade já tem até agenda para cumprir no complexo.

“Temos um calendário de automobilismo para cumprir neste ano. Esperamos que Brasília, ainda neste segundo semestre, seja cidade sede de competições nacionais e nos próximos anos, a possibilidade de competições internacionais”, Costa.


0

O ex-piloto de Fórmula 1 Nelson Piquet também participou da cerimônia. “O automobilismo em Brasília sempre foi muito forte e, de um tempo para cá, decisões de alguns governadores praticamente acabaram com o autódromo. Hoje é um dia de muita alegria para Brasília. A decisão do governador Ibaneis Rocha é de recuperar o autódromo com planos ainda mais ousados”, celebrou Piquet.

Patrimônio

O presidente da Terracap, Izidio Santos, pontuou o BRB fará o investimento planejado de R$ 60 milhões. “Isso tudo depois será incorporado ao patrimônio da Terracap. A Terracap não investe recursos nesse acordo e apenas terá uma incorporação ao seu patrimônio”, explicou.

“É um patrimônio que está inativo desde 2013 e, com essa integração, conseguimos devolver o autódromo para a cidade para desenvolver outras atividades além de corridas”, acrescentou Izídio.

O autódromo de Brasília tem 727 mil m² e uma pista 5,4 quilômetros de extensão, mas está inoperante desde 2013. A previsão é de que os investimentos no local custem R$ 60 milhões.

Kart

Segundo a Terracap, a requalificação do espaço possibilitará o retorno de competições como Stock Car, além de incentivar o turismo, desenvolvimento da cadeia produtiva relacionada aos esportes ao motor, geração de empregos qualificados, aumento da arrecadação de tributos indiretos e recomposição e desenvolvimento urbanístico da região.

A empresa informou ainda que o kart voltará dentro do projeto de requalificação do autódromo. “A proposta é colocar a capital federal no circuito do automobilismo nacional, receber grandes competições e, com isso, proporcionar mais opções de lazer esportivo para a população”, disse.

O post Terracap transfere ao BRB gestão do Autódromo de Brasília por 30 anos apareceu primeiro em Metrópoles.