Após prisão de Ribeiro, líder do PT pede que STF investigue Bolsonaro

0

O líder do PT na Câmara, Reginaldo Lopes (MG), apresentou uma notícia-crime contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) referente ao escândalo de corrupção no Ministério da Educação que baseia a prisão do ex-ministro da pasta Milton Ribeiro, nesta quarta-feira (22/6).

A representação foi enviada ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux.

Lopes alega que a Procuradoria-Geral da República (PGR) deve abrir inquérito com o objetivo de apurar a “coautoria” ou “participação” de Bolsonaro nos crimes dos quais o ex-ministro é acusado.

A ação destaca o conteúdo de um áudio no qual o então ministro da Educação fala sobre liberação de recursos da pasta “a pedido” do presidente da República.

“Na referida gravação, cuja autenticidade não foi questionada pelo ex-ministro da Educação e por nenhum dos pastores e demais interlocutores citados, o então ocupante da pasta ministerial, de maneira vil, antirrepublicana, imoral e criminosa, afirmava que em sua gestão, a pedido do presidente da República, no que se caracterizava o desiderato comum de praticarem, de forma livre e consciente ilícitos penais, priorizava, na distribuição de verbas da pasta (recursos geridos pela FNDE), os prefeitos “amigos de pastores”, para facilitar, entre outras benesses, a construção de igrejas e pavimentar, pela cobrança de apoio, os projetos eleitorais do presidente da República”, diz o documento.


0

Confira íntegra do pedido:

Representação Criminal – Delatio Criminis – Bolsonaro-Milton Ribeiro – Verbas MEC – 22.6.22_ by Carlos Estênio Brasilino on Scribd

 

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

O post Após prisão de Ribeiro, líder do PT pede que STF investigue Bolsonaro apareceu primeiro em Metrópoles.