Bolsonaro critica discurso do recém-eleito presidente da Colômbia

0

O presidente Jair Bolsonaro (PL) criticou, na noite desta segunda-feira (20/6), o primeiro discurso feito por Gustavo Petro após vencer as eleições presidenciais da Colômbia nesse domingo (19/6). O recém-eleito pediu a libertações de jovens que foram presos no país em protestos com forte repressão policial.

“Vocês viram o discurso do novo presidente da Colômbia? ‘Soltar todos os meninos presos, todos’. O Lula vai soltar os menininhos que mataram alguém por um celular para tomar uma cerveja”, disse Bolsonaro, durante conversa com apoiadores.

“Ele [Petro] acabou de falar agora: ‘Vamos soltar os meninos presos’. Igualzinho o Lula falou dos meninos que sequestraram o Abílio Diniz. O Lula falou: ‘Foi um equívoco [o sequestro]’. Equívoco, pessoal? Um sequestro, você planeja”, emendou Bolsonaro.

Mais cedo, o mandatário se restringiu a definir Petro como “um ex-guerrilheiro da esquerda”. O Brasil ainda não parabenizou o senador e ex-prefeito de Bogotá pela vitória, ao contrário de países como México, Argentina, Chile, Venezuela, Cuba, Bolívia, Peru, Nicarágua e Equador.

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), se manifestou antes de Bolsonaro e desejou sorte ao novo presidente.

“Sorte ao Gustavo Petro, porque administrar um país na situação que o mundo está enfrentando não é simples. Nós temos interesses comuns com os colombianos, principalmente aí na questão da Amazônia. Estamos dentro da organização do tratado de cooperação amazônica. E a relação é de Estado para Estado, independentemente do governo de turno”, disse Mourão a jornalistas ao chegar em seu gabinete na manhã desta segunda.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

O post Bolsonaro critica discurso do recém-eleito presidente da Colômbia apareceu primeiro em Metrópoles.