Homem dá golpe de R$ 25 mil pelo Tinder e deixa vítima com depressão

0

Goiânia – A esteticista Lidiane Pereira, de 26 anos, luta na justiça para conseguir condenar o homem que ela conheceu no Tinder e desapareceu após levar R$ 25,2 mil da venda do carro da mãe dela.

Eduardo Thomas Nunes Setnacla, de 33 anos, se tornou réu por estelionato e ameaça em abril deste ano. Isso porque, além de roubar o dinheiro da jovem que conheceu por aplicativo, ele ainda a ameaçou de morte, segundo o Ministério Público de Goiás.


0

Além do prejuízo financeiro, o golpe afetou Lidiane emocionalmente. Ela viveu um relacionamento de dois meses com o suspeito ano passado, antes de perceber que era vítima de um crime.

Depois disso, ela foi diagnosticada com transtorno ansioso e depressivo, necessitando de tratamento psiquiátrico e psicológico, segundo laudo médico.

Falso amor

Lidiane conheceu Eduardo pelo aplicativo Tinder e marcaram de se encontrar em um bar de Goiânia. Ela até levou uma amiga por questão de segurança. No dia seguinte, ele a chamou para seu apartamento e começaram então a se relacionar.

Fotos e vídeos no processo criminal revelam uma aparente vida de casal dos dois. Em uma mensagem de WhatsApp, ele chegou a dizer que pediria ela em namoro.

No entanto, Eduardo propôs um negócio financeiro inusitado para Lidiane, que acabou aceitando. Ela vendeu o veículo Strada da mãe e deu parte do valor (R$ 25,2 mil) para o então companheiro comprar celulares modelo Iphone dos Estados Unidos, para revender no Brasil.

“Logo que passou o dinheiro, Eduardo já não passou o código de rastreamento que era para acompanhar a chegada da mercadoria”, contou a esteticista no boletim de ocorrência. Após a vítima cobrar o dinheiro, o suspeito bloqueou ela em todas as redes sociais.

“Vou te matar”

Em uma das ocasiões em que cobrou a devolução do dinheiro, Lidiane foi ameaçada de morte. Mensagens de WhatsApp anexadas no processo revelam esse crime.

“O matar você agora, vem aqui agora. Minha vida já está um inferno, eu vou fazer questão de matar você. (…). Vou dar um murro na sua cara”, escreveu o suspeito em mensagens.


0

Após uma reportagem da TV Record em que Lidiane contou sobre o crime, Eduardo desbloqueou ela e chegou a prometer que devolveria o dinheiro. Ele prometeu repassar R$ 5 mil, caso ela desistisse de denunciá-lo na delegacia.

Na última semana, Lidiane denunciou a situação em sua conta no Tik Tok e o vídeo teve mais de 2 milhões de visualizações.

Sumiço e antecedentes

A Polícia Civil de Goiás tentou intimar Eduardo para prestar depoimento na delegacia por diversas vezes. No entanto, não houve sucesso. Até o dono do apartamento que ele alugava em um setor nobre de Goiânia foi ouvido, mas ele relatou que o suspeito deixou o local em novembro e nunca mais foi visto.

Um irmão de Eduardo também disse que não tinha mais contato com o suspeito. Ele ainda revelou que não é a primeira vez que alguém procura a família alegando que foi vítima de golpe praticado por ele.

“A vida dele é assim mesmo, ele é forte no barulho”, disse o irmão.

Segundo relato do irmão, entre as vítimas estão pessoas de Brasília e um casal gay. Pelo relato, os golpes alegados costumam envolver vendas de celulares. Por causa disso, a família teria se afastado dele. Não há processos sobre esses casos no Tribunal de Justiça de Goiás.

A reportagem tentou contato com Eduardo pelos números de celular dele, mas não obteve resposta até a publicação desta matéria. Ainda não há advogado cadastrado ou manifestação da defesa dele no processo em que ele é réu.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

O post Homem dá golpe de R$ 25 mil pelo Tinder e deixa vítima com depressão apareceu primeiro em Metrópoles.