MPF investiga conduta de hospital que negou aborto a menina de 11 anos

0

A instituição de saúde de Florianópolis (SC) que negou realizar aborto em menina de 11 anos, grávida após estupro, será investigada pelo Ministério Público Federal (MPF). O Hospital Universitário Polydoro Ernani de São Thiago informou que só realizaria o aborto com autorização judicial.

A unidade de saúde alegou que só faz o procedimento quando a gestação está em até 20 semanas. A menina chegou na casa de saúde com 22 semanas – ela foi encaminhada ao hospital pela mãe dois dias após descobrir a gravidez.

Saiba mais no portal NSC Total, parceiro do Metrópoles.

O post MPF investiga conduta de hospital que negou aborto a menina de 11 anos apareceu primeiro em Metrópoles.