Alimentação e sexo: descubra alimentos que elevam ou derrubam a libido

0

Manter uma alimentação balanceada pode trazer mais benefícios do que se imagina. Além de promover a saúde e garantir longevidade, estar em dia com as vitaminas e nutrientes necessários pode melhorar o desempenho sexual. 

Isso mesmo! Engana-se quem pensa que comer bem está ligado apenas à manutenção do peso saudável, o que favorece uma boa performance na hora H. Selecionar os alimentos corretos e inclui-los na dieta pode, inclusive, dar um “up” na libido. 


0

De acordo Thaiz Brito, nutricionista do Metrópoles, existe uma relação entre alimentação e libido: 

“Isso ocorre porque alguns alimentos, em especial, contêm componentes que estimulam a produção de hormônios sexuais e ajudam a aumentar a circulação sanguínea, estimulando a libido”, esclarece.

A especialista ainda reforça que é preciso lembrar que o contrário também é válido: assim como alguns alimentos melhoram a performance e estimulam a libido, a carência de nutrientes pode prejudicar a produção hormonal, desencadeando dificuldades sexuais: “Além dos alimentos específicos, é importante manter uma boa nutrição para que a saúde sexual seja mantida”, orienta.

Se você mantém um estilo de vida saudável, os hormônios estão em dia e ainda se exercita, confira agora o que inserir na rotina alimentar para garantir qualidade na vida sexual.

Termogênicos

A nutricionista aponta que todos os alimentos que aumentam a temperatura corporal influenciam na libido: “Os famosos termogênicos”, aponta Thaiz. “Os alimentos ricos em triptofano, conhecido como hormônio da felicidade, trazem sensação de prazer e também contribuem nesse sentido. Os alimentos que aumentam a perfusão sanguínea, ou seja, a circulação, colaboram por ajudar a chegada de sangue nas partes íntimas, aflorando a excitação”, esclarece. 

Para incluir

Entendido o conceito, é hora de incluir na prática.

“Podemos destacar frutos do mar — como ostras, camarão e lagosta —,  pimenta, maca peruana, banana, chocolate, gengibre, nozes e castanhas”, exemplifica Thaiz.

Para evitar

Se a libido anda baixa, é hora de se atentar a alguns alimentos que colaboram com esse ciclo. Vale destacar, é claro, que são inúmeros os fatores que afetam o desejo sexual, jogando-o para baixo. “Assim como existem alimentos afrodisíacos, o contrário também é verdade. Se você precisa elevar o clima e sabe que a noite promete, evite refeições pesadas, como uma feijoada”, alerta a nutricionista.

Atenção, existem ainda alimentos que são vilões na hora “H”, e é preciso evitá-los se tiver intenções de ter uma noite quente. Um deles é o alho, que aumenta a produção de gases. 

“Carne vermelha também é outro alimento que é preciso ter atenção. Além disso, o feijão pode ocasionar o aumento da produção de gases”, enumera.

Por fim, a nutricionista sugere que se evite os itens ricos em açúcar. Eles também tendem a gerar um efeito rebote na glicemia, aumentando a preguiça.

O post Alimentação e sexo: descubra alimentos que elevam ou derrubam a libido apareceu primeiro em Metrópoles.