Ataque russo a Odessa mata 18 pessoas, entre elas, duas crianças

0

Autoridades ucranianas acusam a Rússia de usar mísseis da era soviética, que não contam com precisão no momento de atingir os alvos, para atacar as cidades. Na manhã desta sexta-feira (1º/7, horário local), vários foguetes atingiram um prédio residencial na cidade portuária de Odessa, matando 18 pessoas, inclusive duas crianças.

Um resort na cidade também se tornou alvo. Dezenas ficaram feridas, em um aumento de ataques com mísseis nas últimas duas semanas. Duas dessas ofensivas acertaram um shopping em Kremenchuk, com 18 mortes, e Kiev.


0

No caso de Odessa, duas crianças estão entre os 18 mortos, segundo o governador regional, Maksym Marchenko. “Como resultado de um ataque noturno de mísseis da aeronave estratégica Tu-22 do Mar Negro no distrito de Belgorod-Dniester, na região de Odesa, três mísseis X-22 atingiram um prédio de apartamentos e um centro de recreação”, detalhou a autoridade.

Além dos mortos, 31 pessoas tiveram que ser hospitalizadas, incluindo 4 crianças e uma mulher grávida. O trabalho de resgate continua.

“Imagine: você acorda e percebe que não há saída. As pessoas ficaram presas em seus próprios apartamentos depois que mísseis russos atingiram um arranha-céu residencial em Odessa”, publicou o deputado ucraniano Roman Hryshchuk.

Desde o dia 24 de fevereiro, quando começou a ofensiva russa à Ucrânia, mais de 4.700 civis morreram, segundo informações da ONU. Esse número inclui pelo menos 350 crianças.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal:  https://t.me/metropolesurgente.

O post Ataque russo a Odessa mata 18 pessoas, entre elas, duas crianças apareceu primeiro em Metrópoles.