Ministério Público da Espanha pede prisão de Neymar. Entenda

0

Mesmo após o habeas corpus concedido pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3), que impede a prisão por supostos crimes de sonegação fiscal, Neymar segue tendo problemas com a Justiça – e dessa vez é com o poder jurídico da Espanha. Um promotor pediu dois anos de prisão do jogador nesta sexta-feira (29/7) por supostos crimes de fraude e corrupção na troca de clubes do atleta do time paulista Santos para o clube espanhol Barcelona em 2013.

A notícia foi dada em primeira mão pela CNN Brasil. O julgamento por parte da Justiça espanhola será feito no dia 17 de outubro, pouco mais de um mês antes do início da Copa do Mundo de Futebol no Catar em que Neymar deverá ser convocado. Além de Neymar, o Santos e Barcelona também serão julgados na ação. 


0

Entenda o caso 

Neymar, Barcelona e Santos são réus por crimes de sonegação fiscal, fraude e corrupção na transferência do jogador para o clube europeu. A investigação ocorreu graças a uma reclamação de um grupo de investimentos brasileiro chamado DIS que alega não ter recebido os valores totais que teria direito na negociação, uma vez que possuía parte dos direitos de transferência do atleta.

Com isso, as Justiças brasileira e espanhola investigaram se uma parte dos valores que envolveram a negociação foram ocultados. Mesmo Neymar ter negado o cometimento dos delitos em 2017, a Justiça espanhola negou todos os recursos utilizados pela defesa do jogador, fazendo que o caso fosse julgado. 

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga @leodias no Instagram.

Agora também estamos no Telegram! Clique aqui e receba todas as notícias e conteúdos exclusivos em primeira mão.

O post Ministério Público da Espanha pede prisão de Neymar. Entenda apareceu primeiro em Metrópoles.