Primavera/verão 2023: o que esperar das semanas de moda internacionais

0

E quando menos se espera… O principal circuito internacional de moda chegou, novamente. As fashion weeks, que acontecerão em Nova York, Londres, Milão e Paris, entre 9 de setembro e 4 de outubro, receberão imprensa, compradores e celebridades para os desfiles de primavera/verão 2023. Além das apresentações, o público pode esperar algumas mudanças no calendário fashion, desde remodelações de formatos a estreias badaladas. 

Vem ver! 

Giphy/Raf Simons/Reprodução

Semana de Moda de Nova York

A Semana de Moda de Nova York, que ocorrerá entre 9 e 14 de setembro, iniciará a temporada da moda. Depois de sediar shows digitais e trazer de volta eventos presenciais em 2021, a programação voltou a crescer. Com a falta de nomes de peso, como Marc Jacobs, que agora realiza apresentações intimistas, a estratégia é apostar em designers empolgantes e marcas independentes. Para esta edição, duas marcas já anunciaram o retorno depois de alguns anos em hiato: Puma e Tommy Hilfiger.

A volta da Puma ao evento será marcada pela inovação. Isso porque, de antemão, a marca afirmou que fará um desfile imersivo para apresentar a coleção Futrograde, no dia 13 de setembro. O desfile englobará três dimensões: a herança da marca, a fusão do físico e do digital, que foi potencializada nos últimos anos, e também o destaque para as grandes colaborações.

“Estamos entusiasmados por estar de volta ao calendário oficial da CFDA, na Semana da Moda de Nova York”, contou Adam Petrick, diretor de marca da Puma, em comunicado à imprensa. “Voltar ao evento pela primeira vez em anos é significativo para nós porque sabíamos que precisávamos da combinação certa de fatores para estarmos presentes. Com ênfase no digital, uma grande fila de embaixadores e uma parceira criativa incrível como June Ambrose, a base e a criatividade para um grande show estão lá”, refletiu.

Depois de três anos de apresentações independentes, a Tommy Hilfiger também anunciou o regresso ao calendário de origem. A volta da etiqueta será marcada por uma apresentação interativa, no Skyline Drive-In, localizado no bairro do Brooklyn, no dia 11 de setembro.

Os clientes poderão adquirir os produtos da mais recente coleção see-now-buy-now (veja agora, compre agora, em tradução livre) nas versões físicas ou digitais. Além disso, o desfile será transmitido ao vivo para a plataforma Roblox, com a qual a marca tem parceria desde dezembro de 2021.

Semanas de Moda Carolina Herrera - NYFW
A Semana de Moda de Nova York ocorrerá entre 9 e 14 de setembro

 

desfile Marc Jacobs
Com a falta de nomes de peso, como Marc Jacobs, que agora realiza apresentações intimistas, a estratégia do evento é apostar em designers empolgantes e marcas independentes

 

Semanas de Moda Tommy - NYFW modelos campanha
Depois de três anos em hiato, a Tommy Hilfiger anunciou o regresso ao calendário de Nova York

 

Dualipa campanha Puma
A volta da Puma ao evento será marcada pela inovação. A marca anunciou que fará um desfile imersivo
Semana de Moda de Londres

O British Fashion Council (Conselho de Moda Britânico) anunciou a programação provisória do London Fashion Week, que acontecerá de 16 a 20 de setembro. Dentre os 110 designers estimados na lista, vale o destaque para Raf Simons, que fará a grande estreia na programação londrina.

“Foi um sonho durante muito tempo realizar uma apresentação em Londres, uma cidade onde a moda e a criatividade são onipresentes nas ruas. É também um local onde vejo pessoas excepcionais com um estilo único e forte”, afirmou o codiretor criativo da Prada em comunicado à imprensa.

A Burberry, agora sob o comando do novo CEO Jonathan Akeroyd, retornará ao calendário oficial com um formato de show físico, depois de ser exibido digitalmente por dois anos, devido à pandemia. Após algumas temporadas de apresentação em Paris e Milão, JW Anderson também está de volta.

Mulher em desfile da Semana de Moda de Londres
A Semana de Moda de Londres, que acontecerá entre 16 e 20 de setembro, anunciou algumas mudanças

 

Raf Simons
A primeira novidade movimentou a web: Raf Simons passa a se apresentar no calendário do fashion week britânico

 

Modelo com peças da Burberry
Enquanto isso, a Burberry, agora sob o comando do novo CEO Jonathan Akeroyd, retornará ao calendário, com direção criativa de Riccardo Tisci

 

JW Anderson
Após algumas temporadas de exibição em Paris e Milão, JW Anderson também está de volta à Semana de Moda de Londres
Semana de Moda de Milão

Sediada em Milão, a semana de moda italiana acontecerá de 20 a 26 de setembro. Além de apresentar as principais tendências do momento, como a cintura baixa, as plumas e os recortes, a edição de outono/inverno 2023, que aconteceu em fevereiro, foi marcada pelo retorno da Gucci ao calendário e a estreia de Matthieu Blazy como novo diretor criativo da Bottega Veneta.

No quesito novidade, uma marca para ficar de olho é a Diesel, que no desfile de outono/inverno 2023 apostou em um código que representou a etiqueta nos anos 1990: a logomarca estampada em diversas peças do portfólio. Após a estreia aclamada de Glenn Martens na direção criativa da etiqueta, a próxima apresentação será aberta ao público, no dia 21 de setembro.

Kendall Jenner desfile da Prada
Sediada em Milão, a Semana de Moda italiana acontecerá de 20 a 26 de setembro

 

Campanha da Gucci
A primeira edição do ano, que aconteceu em fevereiro, foi marcada pelo retorno da Gucci ao calendário

 

Modelo da passarela da Bottega Veneta
A estreia de Matthieu Blazy como novo diretor criativo da Bottega Veneta também foi um dos destaques

 

Modelo oriental da Diesel
No quesito novidade, uma marca para ficar de olho é a Diesel, que no desfile de inverno 2023 apostou em um código que representou a etiqueta nos anos 1990: a logomarca estampada nas peças
Semana de Moda de Paris

Por último, mas não menos importante, a Semana de Moda de Paris será de 26 de setembro a 4 de outubro. Considerada a programação mais icônica e glamorosa, com a presença de marcas como Chanel, Dior, Louis Vuitton, Fendi e Saint Laurent, o evento costuma arrematar a temporada com uma lista de convidados estrelada.

Até o momento, pouco se sabe sobre os desfiles de primavera/verão 2023. No entanto, uma notícia já movimentou a web nas últimas semanas: de acordo com o portal WWD, Victoria Beckham passa a se apresentar com a etiqueta homônima no calendário parisiense — antes, a designer era integrante da Semana de Moda de Londres. Fora isso, outras estreias previstas incluem Zimmermann, Awake Mode e a nova marca Weinsanto.

Desfile da Chanel com modelo na passarela
A Semana de Moda de Paris acontecerá de 26 de setembro a 4 de outubro

 

Street Style na semana de moda de paris
Considerada a programação mais icônica, marcas como Chanel, Dior, Louis Vuitton, Fendi e Saint Laurent englobam a programação. O street style também é badalado

 

anitta ao lado de rita ora
O evento costuma arrematar a temporada com a lista de convidados mais estrelada

 

Victoria Beckham em apresentação da Jacquemus
Na mesma leva de mudanças, Victoria Beckham se despediu do calendário da Semana de Moda de Londres e confirmou os planos de se apresentar em Paris de forma fixa

Apesar da volta quase integral das marcas que, de maneira gradual, regressaram ao modelo presencial, grande parte dos desfiles serão transmitidos simultaneamente nas redes sociais das etiquetas. As apresentações, que antes da pandemia eram restritas aos convidado dos eventos, têm sido disponibilizadas para os seguidores em diversas plataformas a fim de aproximar público e marcas.

 

Colaborou Marcella Freitas

O post Primavera/verão 2023: o que esperar das semanas de moda internacionais apareceu primeiro em Metrópoles.