Lira rejeita pedido do líder do governo para votar PL Antiterrorismo

0

Arthur Lira rejeitará o pedido do líder do governo, Ricardo Barros, para votar um projeto de lei de autoria do Planalto que propõe uma série de mudanças na Lei Antiterrorismo. As mudanças pleiteadas por Jair Bolsonaro abrem margem para que movimentos sociais sejam criminalizados.

Barros havia apresentado ao presidente da Câmara um requerimento nesta semana para apensar esse texto a outro projeto de lei, apelidado de “Novo Cangaço”, que irá ao plenário e altera o Código Penal e para incluir ilícitos como assalto a bancos ou a agências lotéricas, com uso de armas, no rol dos crimes hediondos.

“Não (será apensado). Esse PL (que altera a Lei Antiterrorismo) teve a urgência rejeitada pela Casa. Não há previsão para que seja votado”, informou Lira à coluna.

O post Lira rejeita pedido do líder do governo para votar PL Antiterrorismo apareceu primeiro em Metrópoles.