Morre Vadim Bakatin último a presidir a KGB, serviço secreto da URSS

0

Vadim Bakatin, o último presidente do Comitê de Segurança do Estado (KGB) da então União das Repúblicas Socialistas Sov­­­­­­­­­­­­­­­iéticas (URSS), morreu nesta segunda-feira (1º/8), em Moscou, aos 84 anos.

Bakatin foi um político liberal que liderou a KGB, serviço secreto soviético, nos meses de agosto a dezembro de 1991, que antecederam o fim da URSS. Sob o seu comando a organização de serviços secretos da União Soviética passou por diversas reformas. Como a divisão entre vários serviços especiais independentes.

O último líder da KGB soviética foi indicado ao cargo por Mikhail Gorbachev após a fracassada tentativa de golpe de seu antecessor Vladimir Kryuchkev contra o então líder soviético, em agosto de 1991.

Bakatin era engenheiro civil de formação, foi ministro do Interior da URSS e concorreu à Presidência da Rússia em 1991, ainda na república da União Soviética.

O post Morre Vadim Bakatin último a presidir a KGB, serviço secreto da URSS apareceu primeiro em Metrópoles.