Nova Montana: GM promete melhor aceleração e menor consumo. Terá?

0

A nova picape da Chevrolet, embora mantenha o nome Montana, será totalmente diferente do que a marca produziu até agora. Pelo menos é o que se espera a partir das pílulas de informações que a General Motors tem divulgado ao longo dos últimos meses. Do visual ao tamanho, das configurações de acabamento (com mais espaço) ao motor, câmbio e por aí vai.

O modelo está em fase final de desenvolvimento no campo de provas da GM em Indaiatuba (SP) – o maior do Hemisfério Sul.  

Nesta terça (02), os engenheiros da marca divulgaram outro conceito: a garantia da melhor integração entre os sistemas mecânicos e eletrônicos e, claro, seus resultados.

“Muitos têm curiosidade em saber o que mais impacta na performance e na dinâmica de uma picape: torque, peso ou aerodinâmica? O segredo está na harmonização das tecnologias, e o resultado final é o que importa para o consumidor” 

Silvio Mariano, engenheiro de desenvolvimento veicular da GM

No caso da Nova Montana, uma central eletrônica avançada permite até 3 vezes mais variáveis de calibração que picapes de geração anterior. Isso significa, segundo Mariano, que o conjunto funciona de forma muito mais inteligente.

 Por isso, a Nova Montana vai ter uma relação entre aceleração e consumo superior à média do segmento, vazia ou carregada, garante a GM. Isto porque o modelo virá equipado com motor turbo de alto rendimento, de série. Neste contexto, segundo essas informações, a nova geração deverá ser, entre as picapes automáticas, a campeã em economia de combustível.

 Já quem optar pela versão com transmissão manual, irá encontrar na Nova Montana os melhores resultados da categoria na medição de 0 a 100 km/h. E, como prometem os engenheiros, sempre com muito silêncio a bordo.

A picape contará ainda com sistema de conectividade capaz de receber atualizações remotas de software inerentes à arquitetura eletrônica da picape e de aplicativos nativos à central multimídia.

O post Nova Montana: GM promete melhor aceleração e menor consumo. Terá? apareceu primeiro em Metrópoles.