86% são contra cortar gasto público em saúde e educação, diz pesquisa

0

Saúde, educação e aposentadorias são as três áreas que o brasileiro mais preservaria de cortes de gastos, apontou uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira (22/9) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O levantamento feito pelo Instituto FSB Pesquisa mostrou que 86% são contrários a cortar gastos públicos tanto em saúde quanto em educação. Em seguida, 85% são contra reduzir o dinheiro para aposentadorias.

As áreas com menor resistência a um eventual arrocho fiscal, segundo os entrevistados, são o funcionamento da administração pública, com 50% de apoio, e aeroportos, com 47% a favor. Esses foram os dois únicos setores em que o percentual foi mais favorável do que desfavorável.

De 16 a 21 de agosto, o instituto fez entrevistas presenciais com 2.030 brasileiros com mais de 15 anos em todo o país. A margem de erro é de dois pontos. O nível de confiança, 95%.

O post 86% são contra cortar gasto público em saúde e educação, diz pesquisa apareceu primeiro em Metrópoles.