Amazônia Legal tem o maior número de assassinatos de crianças no país

0

Centro de conflitos e violência, a Amazônia Legal – região que engloba áreas do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Rondônia, Roraima, Pará e Tocantins – tem taxa superior de assassinatos de crianças e adolescentes em comparação à média do restante do país.

Em 2021, o índice de mortes violentas de pessoas com 0 a 19 anos foi 34,3% maior na região. Os dados foram compilados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública para levantamento da Agenda 227.

Enquanto, no país, foram registradas 8,7 mortes violentas de crianças e adolescentes a cada 100 mil pessoas da faixa etária, na Amazônia Legal a taxa foi de 11,1 casos por 100 mil.

A categoria de mortes violentas inclui registros de homicídios dolosos, latrocínios, lesões corporais seguidas de morte e mortes causadas por intervenções policiais.

Ainda segundo o levantamento, a Amazônia Legal concentrou  20,7% das mortes violentas intencionais dessa faixa da população em todo o país no período. Cerca de 16% das crianças e dos adolescentes do Brasil estão na região.

Os indicadores também apontam para alto número de estupros de pessoas na faixa etária na região, sendo 7,6% superior à do restante do país. A cada 100 mil habitantes de 0 a 19 anos, há 90,9 vítimas, enquanto a média nacional, sem a Amazônia Legal, é de 84,5.

O post Amazônia Legal tem o maior número de assassinatos de crianças no país apareceu primeiro em Metrópoles.