Aprenda receita de biscoito que ajuda no controle da insulina

0

O diagnóstico de diabetes implica em mudanças importantes no estilo de vida e na alimentação, mas isso não significa que o paciente está fadado a comidas sem graça. Existem opções de alimentos nutritivos e saborosos para diversificar o cardápio, uma delas é a do biscoito de batata-doce.

De acordo com o médico clínico Marcos Pontes, diferentemente das outras batatas, a batata-doce tem um índice glicêmico muito baixo, o que é bom para os diabéticos. Significa que ela é um alimento que não exige a produção de muita insulina para ser metabolizado.

Alimentos de alto índice glicêmico, como macarrão, pizza, pão e bolo elevam de forma rápida a quantidade de açúcar no sangue (glicemia) assim que são ingeridos, exigindo mais insulina do corpo. Como consequência, o açúcar é estocado em forma de gordura.

“Esse mecanismo ocorre em todas as pessoas. O paciente diabético sofre um agravante maior porque tem mais dificuldade em manter os níveis da glicemia no sangue”, explica o médico.


Publicidade do parceiro Metrópoles 1


Publicidade do parceiro Metrópoles 2


Publicidade do parceiro Metrópoles 3


Publicidade do parceiro Metrópoles 4


Publicidade do parceiro Metrópoles 5


0

Aprenda a fazer o biscoito de batata-doce:

Ingredientes:

  • 1 batata-doce;
  • 1 colher (sopa) de azeite de oliva;
  • 1 colher (sopa) de mel;
  • 300 gramas de leite em pó;
  • 2 ovos;
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó.

Modo de preparo:
Coloque uma batata-doce em uma panela com água suficiente para cobri-la e cozinhe até amolecer. Depois descasque e amasse bem a batata-doce, fazendo com que ela vire uma massa. Acrescente o azeite de oliva, o mel, o leite em pó, os ovos e o fermento em pó e misture bem.

Unte uma forma grande antes de fazer os biscoitos. Passe um pouco de azeite nas mãos e modele os biscoitos no formato desejado. Leve a forma ao forno a 180 graus por 25 minutos.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Emagrecimento Brasília (@dr.marcospontes)

O médico alerta que, apesar de fazerem bem, os biscoitos devem ser consumidos com parcimônia. “Todo paciente precisa ser avaliado de forma individual e entender sua necessidade nutricional. Quanto precisa de carboidratos, proteínas, minerais, vitaminas e fitoquímicos. Mesmo que o índice glicêmico baixo, se você comer muito, vai acabar elevando a glicemia também”, pondera Pontes.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

O post Aprenda receita de biscoito que ajuda no controle da insulina apareceu primeiro em Metrópoles.