Bolsonaro volta ao próprio programa; Lula promete salário mínimo maior

0

Os dois candidatos que lideram as pesquisas de intenção de voto para a Presidência da República dividiram seu tempo na propaganda eleitoral gratuita desta terça-feira (20/09) para atacar um ao outro e fazer novas promessas para tentar atrair e consolidar eleitorado a menos de duas semanas do primeiro turno – que será em 2 de outubro.

Os programas para os candidatos à presidência vão ao ar em rádio e TV às terças, quintas e sábados. Após dedicar os dois últimos comerciais apenas para atacar Lula (PT) e relembrar as denúncias de corrupção nos governos petistas, a campanha do presidente Jair Bolsonaro (PL) levou o candidato à reeleição de volta à tela e fez promessas para a educação pública.

A peça bolsonarista começa criticando a alfabetização “nos tempos do PT de Lula e Dilma” e seguiu com promessas para “recuperar o tempo perdido” na pandemia do coronavírus. O jogo para celular GraphoGame, lançado pelo Ministério da Educação para ajudar no aprendizado de alunos em fase de alfabetização, foi usado como exemplo.

Bolsonaro apareceu no vídeo prometendo investir R$ 1 bilhão no programa Educa Mais, numa parceria com o Banco Mundial, começando nas regiões Norte e Nordeste.

Programa de Lula tenta descontruir Bolsonaro

Apostando, como a campanha de Bolsonaro, em aumentar a rejeição do adversário, o programa de Lula na TV nesta terça trouxe trechos de falas do presidente sobre economia, buscando desmenti-lo.

O atual presidente foi mostrado dizendo que não há pessoas passando fome no Brasil ou pedindo pão na porta de padarias e foi confrontado com os dados que apontam 33 milhões de brasileiros sem o suficiente para comer.

Boa parte do programa petista foi dedicado a criticar a falta de aumento real (acima da inflação) do salário mínimo ao longo do governo Bolsonaro. “R$ 1,200 é muito pouco”, diz Lula, na peça. “Nós vamos continuar aumentando o salário mínimo e provar que isso não quebra a economia”, completou ele.

O petista prometeu ainda rever a legislação para garantir mais direitos trabalhistas a quem trabalha para aplicativos de entrega e transporte.

Presidente, governador, deputado e senador: veja quem são os candidatos nas Eleições 2022.

Corrida ao Planalto

As pesquisas eleitorais têm mostrado relativa estabilidade na disputa pela Presidência da República em 2022, com Lula pontuando à frente de Bolsonaro e com chances de liquidar a eleição ainda no primeiro turno – mas o cenário segue indefinido.

Na última pesquisa divulgada pelo Instituto Ipec, na segunda-feira (19/9), Lula marcou 47% das intenções de voto no primeiro turno das eleições, contra 31% de Bolsonaro.

No levantamento feito uma semana antes, Lula aparecia com 46%, enquanto Bolsonaro tinha 31%.

O post Bolsonaro volta ao próprio programa; Lula promete salário mínimo maior apareceu primeiro em Metrópoles.