Emocionante! Gaiteiro que acordava a rainha todo dia tocou em funeral

0

Ao longo de seus 70 anos de reinado, a rainha Elizabeth II não abriu mão de determinados hábitos, como usar chapéus e vestimentas em tons alegres. Mas, nesta segunda-feira (19/9), os fãs testemunharam um momento menos conhecido da vida da monarca: o som de uma gaita de fole que a acordava todos os dias.

De acordo com informações da CNN internacional, a rainha era despertada todas as manhãs pelo som do instrumento, tocado durante 15 minutos sob sua janela. O gaitero real foi convocado ao funeral da monarca, falecida, aos 96 anos, no último dia 8. O Piper to the Sovereign, como o responsável pelas gaitas da realeza é chamado, sinalizou o fim do funeral da soberana.


Publicidade do parceiro Metrópoles 1


Publicidade do parceiro Metrópoles 2


0

O músico tocou da porta da Abadia de Westminster ao Claustro do Reitor. Ele começou a caminhar lentamente em direção ao fim da capela para que a música desaparecesse gradualmente. Foi um momento cheio de simbolismo, pois remeteu ao funeral do príncipe Philip. Marido da rainha, ele faleceu, aos 99 anos, em abril do ano passado.

O som que despertou a rainha todas as manhãs marcou o fim de seu funeral

Em entrevista à BBC, o gaiteiro falou que tinha uma relação próxima a ela e contou que, quando sua esposa sofreu um acidente e ficou com hematomas, Elizabeth foi até seus aposentos e voltou com um creme para amenizar as lesões da mulher.

O papel do Piper para o Soberano remonta ao reinado da rainha Vitória. Durante uma visita às Highlands escocesas, ela e seu marido, o príncipe Albert, se apaixonaram pelo som. Desde que o papel foi criado, em 1843, a realeza teve 17 gaiteiros oficiais.

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram

O post Emocionante! Gaiteiro que acordava a rainha todo dia tocou em funeral apareceu primeiro em Metrópoles.