Grêmio é punido com três jogos sem mando por confusão entre torcedores

0

O Grêmio ganhou um problema a mais em sua busca pelo retorno à elite nacional. Por causa de briga entre seus torcedores no jogo contra o Cruzeiro, pela 25ª rodada da Série B do Brasileirão, o clube foi punido pelo STJD com a perda de três mandos e os jogos contra CSA, Bahia e Brusque não poderão ser disputados na Arena Grêmio.

Além de perder sua casa na reta final da Série B, o Grêmio ainda recebeu multa de R$ 100 mil por maioria dos votos dos auditores da Segunda Comissão Disciplinar. Expulso no mesmo jogo, o técnico do Cruzeiro, Paulo Pezzolano, foi absolvido.

Naquele empate por 2 x 2, em jogo disputado no dia 22 de agosto, o árbitro informou que teve para paralisar o jogo por duas vezes, uma em cada etapa, por causa de “confronto generalizado entre torcedores que estavam na área destinada à equipe mandante”. Foram sete minutos de paralisação ao todo e com necessidade de intervenção da Polícia Militar.

“A situação é muito grave. É um setor que já foi interditado pelo STJD por ser conhecido como um setor de batalha pela torcida do Grêmio. Podemos ver que essa punição de caráter pedagógica não vem sendo respeitada pela torcida, tanto que fizeram novamente, sendo duas vezes na mesma partida. Estamos esperando alguém morrer, ficar gravemente ferido? As imagens falam por si, duas confusões generalizadas, cabos de madeira em riste, pessoas pulando o alambrado para tentar se salvar. O caso é muito grave, deve ser punido de acordo”, disse o subprocurador-geral Gustavo Silveira pedindo punição severa ao Grêmio.

O advogado Luis Eduardo Barbosa sustentou sua tese de defesa ao Grêmio, justificando que 19 pessoas foram identificadas no caso. Alegou, ainda, que todas as medidas para reprimir foram tomadas Mas não conseguiu diminuir a pena do clube por causa da reincidência.

“São atos de uma selvageria tremenda e há de se considerar ainda a reincidência do Grêmio. Há uma prática reiterada neste sentido por parte da torcida gremista. Aqui vemos pessoas num ato de rixa coletiva, é algo totalmente reprovável. Por isso, acolho a denúncia e aplico a pena de três partidas de perda de mando ao Grêmio com multa de R$ 100 mil tendo em vista o teto do artigo 213”, anunciou o relator Washington Oliveira, em voto seguido pelo auditor Diogo Maia e pelo presidente em exercício do STJD, Carlos Eduardo Cardoso.

O post Grêmio é punido com três jogos sem mando por confusão entre torcedores apareceu primeiro em Metrópoles.