Mesmo sem TCU julgar necessário, Moraes decidiu auditar todas as urnas

0

Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes recusou pedido para reduzir o número de urnas auditadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU). A parceria entre os tribunais prevê que o TCU analisará boletins — uma espécie de extrato dos votos — de 4.161 máquinas.

Integrantes do TCU e do TSE chegaram a afirmar ao ministro que a quantidade de urnas auditadas seria um exagero e pediram que o número fosse reduzido. Nada feito.

“Vamos auditar todas”, afirmou Moraes. Para a tarefa, o TCU disponibilizará mais de 200 auditores.

O post Mesmo sem TCU julgar necessário, Moraes decidiu auditar todas as urnas apareceu primeiro em Metrópoles.