MPDFT e Sedes assinam acordo para criar ferramenta de transparência

0

A secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra, assinou nesta terça-feira (20/9) um termo de cooperação técnica com o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). O acordo se baseia na troca de tecnologias para o cruzamento e apresentação de dados estatísticos oficiais.

O compartilhamento de informações por meio de sistemas e soluções de Business Intelligence (BI) possibilita a criação de um Mapa da Assistência Social. Quando implantado, esse mapa vai fornecer ao cidadão um panorama das ações socioassistenciais do DF, no âmbito da secretaria.

Dados oficiais descritos em gráficos vão facilitar a visualização e o entendimento dessas informações. O cidadão passa a ter acesso, por exemplo, à quantidade de refeições servidas nos 14 restaurantes comunitários, quantas e quais unidades são gerenciadas pela Sedes, os benefícios que foram concedidos, número de atendimentos e investimentos nessa política.

A ferramenta possibilita ao cidadão acompanhar ainda o trabalho da Sedes, aumentando a transparência na execução das ações e do investimento dos recursos públicos. A expectativa é que o Mapa da Assistência Social fique disponível até o final deste ano nos sites do MPDFT e da Sedes.

“É uma iniciativa de suma importância para viabilizar ainda mais o acesso do cidadão às informações oficiais de forma fácil e rápida”, destaca a secretária Ana Paula Marra. “Esse mapa é voltado para o cidadão.”

O MPDFT já fechou acordos semelhantes com as Secretarias de Educação e Saúde para a criação e implantação de ferramentas com funcionalidade similar. “A ideia é disponibilizar dados públicos de saúde, educação e assistência social. Um grupo de servidores da Sedes está em capacitação no Ministério Público para utilizar a ferramenta e construir o portal com os dados”, reforça a gestora.

Parcerias

Além do acordo de cooperação com o MPDFT para criar o Mapa da Assistência Social, a Sedes oficializou parceria com a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) para compartilhamento de dados e informações. A iniciativa permite o cruzamento de dados fornecidos pela corporação e checar informações do cidadão, evitando recebimento indevido de benefícios.

“Hoje temos parceria com a Controladoria- Geral do DF (CGDF), Ministério Público, Polícia Civil, e estamos em tratativas para viabilizar os acessos aos dados do Dataprev e da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), que também fornecem dados para o cruzamento dessas informações, evitando eventuais fraudes e desvios”, reitera Ana Marra.

Recentemente, a Sedes também adquiriu licenças para utilização do Power BI, ferramenta de tecnologia que viabiliza o cruzamento e compartilhamento de dados. O Power BI é um instrumento que facilita a visualização dos dados da pasta de desenvolvimento social para dar suporte aos gestores na tomada de decisões.

O post MPDFT e Sedes assinam acordo para criar ferramenta de transparência apareceu primeiro em Metrópoles.