MPRJ denuncia flamenguista que assediou repórter da ESPN ao vivo

0

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) denunciou o torcedor Marcelo Benevides, flamenguista que assediou a repórter Jéssica Dias, por importunação sexual. A denúncia foi feita por meio do Grupo Temático Temporário do Desporto (GTT-Desporto/MPRJ).

O órgão compartilhou um informe, em que afirma que a denúncia “relata que a jornalista se preparava para entrar em uma transmissão para televisão, quando Marcelo Benevides começou a gritar e proferir xingamentos, sendo solicitado pela vítima a se acalmar”.

O documento ainda relata que o torcedor “se aproximou dela, pediu desculpas, colocou a mão em seu ombro, deslizando-a até o braço e deu um beijo no ombro da vítima, que se esquivou. Em seguida, ela iniciou uma reportagem ao vivo e, enquanto falava com a apresentadora do programa, o denunciado voltou a beijá-la, agora em seu rosto, contra a sua vontade”.

O caso aconteceu nos arredores do Maracanã, antes da partida entre Flamengo e Vélez Sarsfield pela Copa Libertadores, no dia 7 de setembro. O homem tentou sair do local, mas foi contido pela equipe de cinegrafistas da ESPN, emissora em que Jéssica trabalha. A equipe também alertou os policiais sobre o ocorrido.

Marcelo Benevides teve prisão preventiva decretada, mas conseguiu um alvará de soltura ainda no dia 8 de setembro.

O post MPRJ denuncia flamenguista que assediou repórter da ESPN ao vivo apareceu primeiro em Metrópoles.