Paul Pogba revela que ficou na mira de fuzil em tentativa de extorsão

0

O caso de extorsão envolvendo os irmãos Pogba ganhou mais um capítulo. Segundo o portal Daily Mail, Paul Pogba afirmou em seu depoimento à polícia que teria ficado sob a mira de um fuzil durante a tentativa de extorsão. Ameaçado, o jogador da Juventus desembolsou cerca de 85 mil libras (mais de R$ 503 mil) aos criminosos, que teriam exigido 11 milhões de libras (mais de R$ 65 milhões) ao francês.

O Daily Mail afirma que o caso aconteceu nos subúrbios de Paris no dia 19 de março. Em revelação feita pelo jornal francês Le Monde, Pogba contou que dois homens teriam apontado as armas em sua direção, obrigando o meia a realizar o pagamento. O jogador foi feito de refém a mando de seu irmão, Mathias Pogba.

O caso veio á tona depois que depois que Mathias Pogba ameaçou compartilhar “revelações explosivas” sobre seu irmão e também sobre Kylian Mbappé. Ele nega ter participado de elaborar um plano de extorsão contra seu irmão.

Mathias Pogba, foi indiciado e detido preventivamente no último sábado (17/9). De acordo com uma fonte judicial, além de Mathias, outras quatro pessoas também foram indiciadas e detidas pelo caso. Eles estão sendo acusados de  extorsão com uso de arma, sequestro em quadrilha e associação de criminosa.

O irmão do meia da Juventus, ao ser acusado, foi a público dizer que Paul contratou um feiticeiro para atingir seu companheiro de Seleção Francesa, Kylian Mbappé. O meia desmentiu a versão dizendo que contratou o religioso para proteger o camisa 10, que afirmou acreditar no jogador.

De acordo com o Daily Mail, Pogba está sob proteção policial na Itália. O jogador se recupera de uma cirurgia, depois de lesionar o menisco. Sua participação na Copa do Catar coma Seleção Francesa ainda é incerta. Contratado na janela de transferências pela Juventus, o francês sequer estreou pela equipe italiana nesta temporada.

O post Paul Pogba revela que ficou na mira de fuzil em tentativa de extorsão apareceu primeiro em Metrópoles.