PCDF: montador de móveis foi executado e, depois, teve corpo queimado

0

José Fernandes do Nascimento, 47 anos, montador de móveis teve o corpo carbonizado após ser executado em uma região de mata fechada do Riacho Fundo 1. A presença de larvas na cena do crime indicou decomposição do cadáver antes de atearem fogo a ele, na tentativa de ocultá-lo, segundo as investigações. Porém, os laudos do Instituto de Criminalística da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) vão apontar a dinâmica do assassinato.

Delegado-chefe da 29ª Delegacia de Polícia (Riacho Fundo), Lúcio Valente comentou que a vítima tinha histórico de envolvimento com entorpecentes. A corporação apura a hipótese de homicídio, em virtude das condições de localização do cadáver.

A família da vítima relatou que José saiu de casa na última quinta-feira (22/9), por volta das 7h. Depois disso, não foi mais visto. Até o momento, não há informações sobre os autores do crime.

Testemunhas relataram que a fumaça na região onde foi encontrado o corpo chamou a atenção de moradores da quadra, que acionaram a polícia após verem um clarão na região. A causa da morte será determinada pela perícia da PCDF.

O post PCDF: montador de móveis foi executado e, depois, teve corpo queimado apareceu primeiro em Metrópoles.