“Susto muito grande”, descreve comerciante sobre temporal em Samambaia

0

Em Samambaia Norte, onde houve registro de um tornado de menores proporções no fim de semana, ainda é possível encontrar telhas pelo chão no comércio da QR 401/403, nesta segunda-feira (19/9). Dois dias antes, porém, moradores e comerciantes se assustaram com a velocidade dos ventos que atingiram a região no último sábado (17/9).

Na escala internacional Fujita, a intensidade chegou ao nível F0, o primeiro da lista, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A classificação é usada para tornados com ventos de, aproximadamente, 60km/h a 120km/h.

Dono de uma loja de equipamentos elétricos, Cláudio José, 57 anos, perdeu vários materiais por causa do vento. Em outra loja, na esquina ao lado, um estabelecimento ficou sem o banner da fachada. “Tem seis anos que tenho comércio aqui, e isso nunca tinha acontecido. Foi um susto muito grande. Voou tudo com o vento, até a caixa d’água, que estava amarrada, e as churrasqueiras. Mas, como o pessoal aqui se conhece, os comerciantes ajudaram a recuperar algumas coisas”, relatou.

Veterano do Corpo de Bombeiros, Cláudio José afirma que se mantém atento à segurança em situações de risco por causa do tempo. “Ontem (domingo), foi o dia em que avaliei todo o cenário. Ao menos, não houve nada mais grave. A não ser (a situação com) as telhas daqui de cima (da loja), que estamos providenciando”, completou o comerciante.

Em um vídeo enviado à reportagem, Paulo Roberto, dono de uma farmácia na região, captou o momento em que a ventania arrasou diversos objetos pela rua em frente ao estabelecimento do qual é dono.

Assista:

Funcionário da farmácia, Eduardo Sales estava no local no momento da tempestade. Ele disse disse ao Metrópoles que a situação foi “tensa” e que o deixou “assustado”. “[O vento] destelhou algumas casas. Vários imóveis aqui da região foram danificados. Logo que esse vento passou, veio a chuva”, contou.

Na manhã deste domingo (18/9), Eduardo disse que viu as consequências deixadas pela ventania: além da sujeira espalhada pela rua, casas e prédios tiveram os telhados arrancados pela força dos ventos.

Previsão do tempo

Para os próximos dias, o Inmet prevê mais chuvas. Sem novos avisos em relação à seca e às altas temperaturas, agora, o Distrito Federal está em alerta de perigo potencial para chuvas e ventanias. A previsão é de que a primavera, que começa na próxima quinta-feira (2/9) às 21h40, chegue com céu predominantemente nublado e mais precipitações, segundo o instituto.

O post “Susto muito grande”, descreve comerciante sobre temporal em Samambaia apareceu primeiro em Metrópoles.