Terceiro suspeito de matar ganhador da Mega-Sena se entrega à polícia

0

Roberto Jefferson da Silva, terceiro suspeito de matar o ganhador da Mega-Sena Jonas Lucas Alves Dias, de 55 anos, se apresentou nesta sexta-feira (23/9) na sede da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) Piracicaba (SP) e foi preso. Marcos Vinicyus Sales de Oliveira, quarto suspeito de participar da ação criminosa, continua foragido.

Conhecido como Gordo, Roberto aparece em imagens em que aborda outra suspeita presa: Rebeca Messias Pereira Batista, de 24 anos. De acordo com a delegada titular da Deic, Juliana Ricci, a investigação trabalha com a hipótese de que o homem abordou a jovem para convencê-la a fornecer seus documentos para a criação de uma conta bancária.

A conta foi utilizada para receber as transações feitas da vítima para os criminosos. A Polícia Civil informou que Roberto negou participação no crime.

Quem tiver informações sobre Marcos Vinicyus, último foragido no caso, pode entrar em contato com a polícia por meio do telefone (19) 3421-6169, da Deic Piracicaba. “Garantimos sigilo absoluto”, disse a delegada Juliana Ricci.

Relembre o caso

Jonas foi sequestrado em Hortolândia, no interior de São Paulo, no último dia 13 de setembro, e encontrado gravemente ferido no dia seguinte na Rodovia dos Bandeirantes. Ele morreu no hospital.

Enquanto estava em poder dos sequestradores, a vítima foi obrigada a tentar liberar, em seu banco, uma transferência R$ 3 milhões.

O post Terceiro suspeito de matar ganhador da Mega-Sena se entrega à polícia apareceu primeiro em Metrópoles.