TRE dá direito de resposta a Ibaneis após Grass chamá-lo de corrupto

0

O juiz auxiliar do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) Demetrius Gomes Cavalcanti concedeu, nesta segunda-feira (19/9), direito de resposta de um minuto ao governador e candidato à reeleição, Ibaneis Rocha (MDB).

A defesa de Ibaneis processou Leandro Grass (PV) em razão de uma propaganda na qual Grass afirma que “o governo é corrupto”.

O juiz escreveu, na decisão, que Grass “não pode se manter à sombra de expressões genéricas sem explicar o caso concreto de corrupção, pois assim o fazendo, dentro das linhas da disputa política, não há qualquer dúvida da pretensão de desacreditar a honra do candidato.”

“Não há como desconsiderar que tais palavras estão sendo proferidas durante campanha eleitoral, sendo ingênuo entender que o representado [Leandro Grass] estaria se referindo a eventuais atos de corrupção no governo atual, quando na realidade é notória sua pretensão de desacreditar a pessoa do candidato Ibaneis Rocha com essa expressão genérica de corrupção, a qual inviabiliza qualquer defesa e potencialmente contamina a opinião pública”, assinalou Cavalcanti.

No mesmo processo, Grass havia sido proibido de continuar a divulgar propaganda eleitoral em que usa as palavras “governo corrupto”.

O advogado de Ibaneis, Bruno Rangel, disse que “o candidato adversário parece ter desistido de sua propaganda eleitoral para, de maneira irregular, falar do governador Ibaneis”. “O desrespeito, a desinformação e a ilegalidade das propagandas de Leandro Grass vêm sendo corretamente sancionadas pelo Tribunal Regional Eleitoral”, afirmou.

A coluna entrou em contato com a assessoria de Grass, às 23h25 desta segunda-feira, e aguarda retorno. O espaço permanece aberto para eventuais manifestações.

O post TRE dá direito de resposta a Ibaneis após Grass chamá-lo de corrupto apareceu primeiro em Metrópoles.