Veja o perfil do eleitor que cada candidato ao GDF mira no Facebook e Instagram

0

As redes sociais têm sido utilizada por políticos com ferramenta para expor propostas e angariar votos. Uma das táticas adotadas pelos gestores de campanhas é o direcionamento de anúncios nas plataformas, a perfis que dialoguem diretamente com a proposta eleitoral. Outra opção é focar em um grupo que o candidato ainda quer conquistar ou até mesmo excluir outro, com ideologias muito diferentes das suas. Todas as estratégias são possíveis, e candidatos ao GDF têm usado e abusado das ferramentas.

Dados da Biblioteca de Anúncios da Meta, empresa que engloba Facebook e Instagram, mostram que os seis candidatos mais bem colocados na última pesquisa Metrópoles/Ideia para o GDF pagaram, ao todo, por cerca de 600 anúncios nessas redes nos últimos 30 dias. O número é uma métrica estimada, derivada de amostragem ou modelagem estatística. A média é de quase 20 publicidades impulsionadas por dia.

Quatro dos postulantes ao Palácio do Buriti optaram pelo chamado direcionamento detalhado, que é quando o anunciante escolhe quais públicos ele quer atingir diretamente. Essa ferramenta permite alcançar pessoas com determinadas idades, dados demográficos, interesses e comportamentos, por exemplo. Ibaneis Rocha (MDB), Leila do Vôlei (PDT), Paulo Octávio (PSD) e Leandro Grass (PV) usaram o direcionamento para alcançar grupos específicos no último mês, no Facebook e Instagram.

O atual governador foi quem mais veiculou anúncios: foram cerca de 420. Em algumas dezenas de impulsionamentos, foi aplicado o filtro de direcionamento para usuários das redes com interesses específicos. Entre os públicos mais atingidos, Ibaneis escolheu mostrar posts sobre a campanha para quem gosta de temas como futebol e jornalismo.

Pessoas que interagem com páginas de alguns times também visualizaram mais as propagandas do atual chefe do Executivo, que tenta reeleição. Mais especificamente, torcedores de Flamengo, Fluminense, Vasco, Botafogo, Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos, os quatro grandes clubes do eixo Rio-São Paulo, com torcidas expressivas no Distrito Federal. Até mesmo quem demonstra interesse no narrador Galvão Bueno foi bombardeado pelos anúncios.

Column Chart
Infogram

 

Segunda colocada na pesquisa de intenção de voto Metrópoles/Ideia, Leila do Vôlei impulsionou cerca de 70 anúncios nos últimos 30 dias. A estratégia da campanha nas redes visa alcançar principalmente quem enfrenta problemas de mobilidade na capital. Os termos “transporte público”, “ônibus”, “mobilidade sustentável” e “pessoas que viajam para o trabalho diariamente” foram selecionados na hora de direcionar as propagandas nas redes.

Copy: Column Chart
Infogram

 

Temas relacionados à saúde também foram escolhidos pelos candidatos. A outra maior parcela de anúncios direcionados alcançou profissionais da área da saúde e usuários com interesse por saúde pública e qualidade de vida.

Em seguida, aparece Paulo Octávio, com cerca de 90 impulsionamentos feitos. Em poucos, menos de 10, ele utilizou o direcionamento. Essas publicidades pagas nas redes foram voltadas para quem interage com páginas e publicações com temas como “ativismo”, “racismo nos Estados Unidos”, “mudança social”, “problemas comunitários” e “movimento social”.

Copy: Copy: Copy: Column Chart
Infogram

 

Candidato da federação PV, PT e PCdoB, Leandro Grass tentou alcançar petistas e apoiadores dos direitos humanos em cerca de cinco anúncios que direcionou, entre o total de cerca de 25. Os termos “Lula”, “problemas comunitários”, “Human rights”, “mudança social” e “segurança pública” foram alvos dessas propagandas no Facebook e Instagram.

Copy: Copy: Column Chart
Infogram

 

Os dados das plataformas mostram ainda que Keka Bagno (Psol) pagou por um único anúncio nos últimos 30 dias, mas não definiu um público a ser alcançado. A propaganda é um vídeo de 50 segundos em que ela se apresenta, gravado no debate do Metrópoles.

Copy: Copy: Copy: Copy: Column Chart
Infogram

 

Já Izalci Lucas (PSDB) não veiculou anúncios sobre temas sociais, eleições ou política durante os últimos 30 dias, como aponta o Meta.

 

O post Veja o perfil do eleitor que cada candidato ao GDF mira no Facebook e Instagram apareceu primeiro em Metrópoles.