Operação apura envolvimento de traficante com empresas ligadas a licitações e contratações com município de Muriaé

0

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) realizou nesta quarta-feira (30) a Operação “Metástase”, com objetivo de apurar o envolvimento de traficante com empresas ligadas a licitações e contratações com os municípios de Muriaé, Laranjal e outras cidades da Zona da Mata.

Segundo o MPMG, há indícios de lavagem de dinheiro vindo do tráfico de drogas e de crimes contra o patrimônio público, inclusive com a utilização de empresas, na prática de ilícitos financeiros, como a ocultação e utilização de “laranjas”.

O principal alvo da ação foi o chefe da organização criminosa, que também é investigado por homicídios. Ao todo, foram cumpridos 20 mandados de busca e apreensão, 9 mandados de bloqueio de imóveis e 17 mandados de sequestro de veículos, incluindo caminhões e automóveis de luxo.

A operação contou com a participação de promotores de Justiça, servidores do MPMG, policiais civis do Gaeco, policiais do Departamento Estadual de Operações Especiais (Deoesp), Delegacia de Homicídios de Belo Horizonte, além do Grupo de Combate às Organizações Criminosas (GCOC) da 4ª Região da Polícia Militar.

Investigações
De acordo com promotor de justiça Breno Costa da Silva Coelho, do Gaeco da Zona da Mata, “as investigações apontam que contratos administrativos celebrados entre municípios e autarquias da região com empresas ligadas ao principal investigado seguramente ultrapassam o montante de R$ 5 milhões”, complementou.

Até o momento foram apreendidos 9 imóveis, 8 carros, 4 motos e 2 caminhões.

O que dizem as prefeituras?

Laranjal

Nas redes sociais, a Prefeitura de Laranjal se pronunciou sobre o assunto. Veja abaixo.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui