Adolescente é estuprada após marcar encontro por rede social em MG

0

Uma adolescente de 17 anos foi estuprada no bairro Caixa D’Água, em Carangola, na Zona da Mata Mineira. O caso aconteceu na madrugada desta terça-feira (10/1).

Aos policiais militares, a jovem relatou que um homem de 38 anos a adicionou há alguns dias no Facebook e a chamou para conversar. Pouco depois, eles marcaram um encontro.

Quando se encontraram, na noite de segunda-feira, o homem deu bebida alcóolica à adolescente e, ao perceber que ela estava embriagada, levou-a ao apartamento da irmã, que estava vazio.

No local, ele obrigou a garota a fazer sexo com ele. “Disse que possuía amigos na Favela da Rocinha e se a menor não mantivesse relações sexuais, ele faria contato com os amigos que viriam a Carangola e a estuprariam”, diz trecho do boletim de ocorrência.

Além dessa ameaça, segundo o registro policial, o abusador dizia que estava armado. “Continuou ameaçando dizendo que teria uma arma de fogo na casa e se a menor gritasse ele a mataria”.

O autor também obrigou que ela desbloqueasse o celular e mandou uma série de mensagens do aparelho dela para o dele como forma de construir um álibi, caso o estupro fosse denunciado.

De acordo com a vítima, o homem queria que ela tomasse um remédio e dormisse na casa onde estavam. Ela, contudo, resistiu e não ingeriu o medicamento.

Assim que foi liberada, a jovem retornou para casa e conversou com o pai. Imediatamente eles foram à delegacia e fizeram a ocorrência.

Os policiais militares fizeram buscas, encontraram o homem na casa da mãe e o prenderam em flagrante.

Na conversa com os PMs, ele admitiu ter encontrado com a adolescente, mas negou o estupro. Disse que levou a garota à casa de uma amiga e que à noite ela ligou pedindo para que a buscasse. A investigação do caso terá sequência na Polícia Civil.

Deixe um Comentário

Deixe um comentário
Digite seu nome aqui