Bela Gil recusa cargo no Desenvolvimento Agrário: “Questões pessoais”

0

A culinarista Bela Gil não vai assumir, neste momento, nenhum cargo no Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar. O comunicado foi feito diretamente ao ministro Paulo Teixeira neste sábado (7/1), e Bela justificou a decisão por “questões pessoais e profissionais”.

A chef de cozinha, filha de Gilberto Gil, era cotada para assumir a Secretaria Especial de Alimentação Saudável, a ser criada pela pasta. O convite foi feito durante a semana e, nessa sexta-feira (6), o governo chegou a anunciar que a apresentadora integraria a equipe. Conforme nota oficial, ela seria formalizada no cargo na próxima segunda (9), em pronunciamento oficial de Teixeira.

Apesar de afirmar que não teria condições de assumir imediatamente o convite, Bela Gil informou que pode contribuir neste primeiro ano de governo de forma voluntária, como consultora especial da Secretaria Especial de Alimentação Saudável.

Ela deixou as portas abertas para assumir futuramente o cargo.

No governo de transição, a chef e apresentadora participou do núcleo de Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Bela é especialista em alimentação, nutrição holística e vice-presidente do Instituto Brasil Orgânico.

A família Gil tem história nos governos de Lula. Gilberto Gil foi ministro da Cultura de 2003 a 2008, quando decidiu voltar a dedicar-se exclusivamente à vida artística.

The post Bela Gil recusa cargo no Desenvolvimento Agrário: “Questões pessoais” first appeared on Metrópoles.