Congresso se reunirá na segunda para discutir intervenção federal

0

O presidente em exercício do Congresso Nacional, Veneziano Vital (MDB-PB), convocou reunião dos parlamentares na segunda-feira (9/1), às 10h, para apreciar o decreto presidencial que impõe intervenção federal na segurança pública do Distrito Federal.

Assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) neste domingo (8/1), o decreto busca frear a depredação que manifestantes bolsonaristas promovem nos prédios dos Três Poderes.

O decreto de intervenção permite que as Forças Armadas atuem na capital federal para a retomada da ordem pública. Por determinação da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, a Polícia Militar atuava para conter os manifestantes, mas não obteve êxito.

O anúncio da reunião foi feito pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), líder do governo no Congresso.

“O presidente em exercício do Congresso Nacional, senador @venezianovital, nos convocou para uma reunião amanhã, às 10h. O congresso estará sempre funcionando, assim como os demais poderes. O terrorismo e o fascismo não triunfarão em nossa nação”, escreveu Randolfe.

Intervenção federal

Ricardo Garcia Capelli, atual secretário-executivo do Ministério da Justiça, será o interventor. A medida é limitada ao âmbito da segurança pública e valerá, inicialmente, até o dia 31 de janeiro.

Atos antidemocráticos

Aos gritos de “faxina geral” e ao som do Hino Nacional, bolsonaristas ocuparam a Esplanada dos Ministérios, na tarde deste domingo (8/1), em protesto contra a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições 2022.

Por volta das 14h40, extremistas invadiram o Congresso Nacional sob uma chuva de bombas de gás lacrimogênio. Em seguida, conseguiram passar pelas barricadas da Polícia Militar do Distrito Federal e entrar no Palácio do Planalto, sede da Presidência da República.

Vidraças, cadeiras e mesas dos dois prédios públicos foram quebradas (veja fotos do interior do Palácio do Planalto depredado). Funcionários do Congresso Nacional que estavam de plantão foram ameaçados.

O último alvo dos manifestantes extremistas foi o Supremo Tribunal Federal (STF). O prédio do órgão do Judiciário foi invadido por volta das 15h45.

Veja a destruição causada por manifestantes antidemocráticos:


Publicidade do parceiro Metrópoles 1


Publicidade do parceiro Metrópoles 2


Publicidade do parceiro Metrópoles 3


Publicidade do parceiro Metrópoles 4


Publicidade do parceiro Metrópoles 5


0

 

The post Congresso se reunirá na segunda para discutir intervenção federal first appeared on Metrópoles.