Defensores públicos pedem punição de colega que apoiou atos terroristas

0

Um grupo de 24 defensores públicos do Rio de Janeiro pediu à Corregedoria da Defensoria Pública do Estado, nesta segunda-feira (9/1), a suspensão da defensora Ana Lúcia Bagueira, que publicou uma série de postagens apoiando as invasões terroristas na Praça dos Três Poderes neste domingo.

Na representação, os defensores alegaram que integrantes da Defensoria não podem demonstrar apoio a atos “golpistas, terroristas, fascistas e antidemocráticos” porque “extrapola” os direitos da liberdade de expressão.

“Não satisfeita em aderir publicamente aos atos golpistas que violentaram as sedes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, a representada postou imagem do ultraje à escultura “Justiça”, de Alfredo Ceschiatti, localizada na Praça dos Três Poderes, em frente ao Supremo Tribunal Federal”, alegam os defensores.

Na foto que mostra a escultura pichada com a frase “perdeu, mané”, Bagueira disse que havia chegado “o dia” e que estava “feliz”.

Além das postagens deste domingo, o documento enviado à corregedoria mostra que a defensora pública fez uma série de publicações criticando ministros do Supremo Tribunal Federal e duvidando do processo eleitoral.


Publicidade do parceiro Metrópoles 1


Publicidade do parceiro Metrópoles 2


Publicidade do parceiro Metrópoles 3


Publicidade do parceiro Metrópoles 4


Publicidade do parceiro Metrópoles 5


0

The post Defensores públicos pedem punição de colega que apoiou atos terroristas first appeared on Metrópoles.