“Depois das 18h, ninguém me liga, fico só”, reflete Marília Gabriela

0

Marília Gabriela refletiu sobre a atual fase da vida pessoal, mais solitária. A apresentadora de 75 anos, que recentemente voltou a entrevistar personalidades em sua rede social, admitiu que se sente sozinha.

“Depois das 18h, ninguém me liga, fico só. Nas viagens sinto prazer. Quando os filhos se reúnem, é uma maravilha, teatro é outro prazer”, declarou a atriz e jornalista, em entrevista ao jornal O Globo.


Publicidade do parceiro Metrópoles 1


Publicidade do parceiro Metrópoles 2


0

Para Marília, o conflito entre vida íntima e o trabalho prejudicaram sua capacidade de socializar.

“Já que trabalhei tanto, confundi a vida social com o meu ofício. Então, sempre voltei para casa e me tranquei. Sou péssima socialmente, não sei como me portar. Isso de não ter cultivado meu lado social me pesa um pouco”, contou ela.

Sobre a chegada dos 75 anos, em 31 de maio, Marília Gabriela comentou:

“O número não me incomoda, vivi até aqui intensamente. O que tem me incomodado é o desaparecimento de pessoas com idade próximas à minha. Então, me vem certa vulnerabilidade nesta observação. Começo a pensar: ‘Daqui a quanto tempo? Qual a minha probabilidade? Como se dá isso?’. Agora, entrei na zona do ‘às vésperas de…’ (risos). A idade me trouxe a clareza do viver”.

The post “Depois das 18h, ninguém me liga, fico só”, reflete Marília Gabriela first appeared on Metrópoles.