Digital influencer do DF dá dicas para homens que queiram ser diaristas

0

Tiago Haka, 35 anos, é um brasiliense que viralizou mostrando sua rotina como diarista em São Paulo. Ele decidiu trabalhar com limpeza depois de perder o emprego no setor de hotelaria durante a pandemia. Desde então, o que seria apenas um “bico” para ajudar nas contas virou um incentivo para outra pessoas, principalmente homens, também se arriscarem como diaristas.


Publicidade do parceiro Metrópoles 1


Publicidade do parceiro Metrópoles 2


0

“Sempre falei que minha forma de divulgar, de tentar clientes, não era mostrando um lado da estigmatização da profissão de faxina. Não queria levar pra esse campo, mas levar de que é uma profissão como qualquer outra […] Sempre quis mostrar pras pessoas que eu faço faxina, esse é o meu trampo e estou fazendo da melhor forma possível. Esse é o diferencial“, conta Haka.

Nas redes sociais, ele utiliza o nome “Homem Diarista”, por ser direto na mensagem que queria passar. “Quis mostrar meu posicionamento com a valorização desses profissionais. Também estimulando outras pessoas que queiram entrar na área, que de alguma forma a grande maioria é de mulheres, mas, na medida que a gente começa a normalizar, a gente consegue ir mudando aos pouquinhos.

Dicas para os futuros diaristas

Para o influenciador, o essencial para quem quer trabalha com faxina é entender o amplo mercado da limpeza. Depois de encontrar a área onde você se sinta mais à vontade, buscar uma especialização e mostrar o diferencial.

Além disso, obviamente, Haka considera que expor o trabalho nas redes sociais é um fator que faz a diferença: “Acho que, quando você também mostra um pouco da sua autenticidade como profissional, as pessoas vão querer te acompanhar pelo que você é e pelo profissional que você é”.

Também é preciso passar por cima das barreiras para homens que estejam pensando em entrar para o rama das diárias. Ele ressalta que, com o machismo e a violência de nossa sociedade, é normal que algumas pessoas fiquem preocupadas com um homem entrando em suas casas. Por isso, mostrar que você é um profissional de confiança é fundamental.

“Eu acho que é necessário você ter um jogo de cintura, um conhecimento para poder lidar com essas demandas, essas problemáticas, que ainda existem em relação as pessoas não quererem te contratar […] Mas as pessoas contratam, sim, homens. Se você mostrar essa credibilidade, elas vão querer te contratar mesmo tendo várias problemáticas sociais“, considera.

Seguindo as dicas, um futuro como diarista fica mais próximo. De acordo com Haka, trabalhar com faxinas pode mudar vidas. “Eu não consigo dimensionar o quanto isso foi gratificante na minha vida. Não imaginava estar onde eu estou”, conclui o brasiliense.

The post Digital influencer do DF dá dicas para homens que queiram ser diaristas first appeared on Metrópoles.