Estudo vai testar remédio para tosse como tratamento para Parkinson

0

A University College London, no Reino Unido, vai começar a testar um xarope para tosse em pacientes com Parkinson. Atualmente, não existe tratamento para a doença neurológica.

O ambroxol é comercializado na forma de comprimido e xarope e é usado para aliviar a tosse, limpando a secreção dos pulmões de pacientes com doenças respiratórias. A medicação também aumenta os níveis da proteína glucocerebrosidade e estudos iniciais sugerem que a droga pode remover proteínas associadas à condição degenerativa no cérebro.

O ensaio clínico vai acontecer em até 12 hospitais do Reino Unido e envolver 330 pacientes com Parkinson. Durante dois anos, metade deles vai receber a medicação, enquanto o restante vai tomar placebo.

Ao final do período, os pesquisadores vão analisar a progressão da doença em ambos os grupos, especialmente a qualidade de vida e o movimento dos voluntários.

Proteína promissora

A proteína glucocerebrosidade é fundamental para remover uma substância nociva chamada alfa sinucleína, que os estudiosos acreditam se acumular no cérebro de pacientes de Parkinson. A alfa sinucleína parece ser responsável pelos sintomas da doença, como os tremores involuntários, movimentos lentos e articulações inflexíveis e rígidas.

Segundo os pesquisadores, o ensaio clínico é o mais próximo que a comunidade científica já chegou de desenvolver um tratamento eficaz para o Parkinson.


Publicidade do parceiro Metrópoles 1


Publicidade do parceiro Metrópoles 2


Publicidade do parceiro Metrópoles 3


0

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

The post Estudo vai testar remédio para tosse como tratamento para Parkinson first appeared on Metrópoles.