General Arruda perdeu o comando do Exército após enfrentar Lula

0

O general Júlio César de Arruda perdeu o comando do Exército após enfrentar ordens indiretas de Lula. No mais incisivo dos embates, impediu a prisão de bolsonaristas extremistas, em frente ao QG, na noite de 8 de janeiro.

Na ocasião, quando a intervenção federal já havia sido decretada por Lula, o general fez chegar ao Planalto que não autorizaria a entrada da PM-DF no solo militar para efetuar as prisões.

Lula viu como uma afronta a barreira formada por homens do Exército e, sobretudo, o uso de veículos militares blindados para impedir o avanço da Polícia Militar do Distrito Federal.

A PM-DF seguia as instruções do interventor Ricardo Cappelli, nomeado pelo presidente. Um agravante: antes mesmo desse episódio à noite, Lula estava furioso com o general Arruda por não ter impedido as invasões.

Ao fim daquele 8 de janeiro, o destino de Arruda já estava selado. Só o que faltava para demiti-lo era encontrar um general estrelado que se mostrasse disposto a enfrentar com rigor ameaças golpistas. Após o incisivo discurso de Tomás Miguel Ribeiro Paiva, não faltava mais.

Lula foi alertado por pestistas sobre a postura do general Arruda

 

 

The post General Arruda perdeu o comando do Exército após enfrentar Lula first appeared on Metrópoles.