Janeiro seco: veja 7 motivos para diminuir o consumo de álcool em 2023

0

Janeiro é o mês de revermos os hábitos e comportamentos nocivos que adotamos diariamente, a fim de ter um estilo de vida mais saudável e maior qualidade de vida. Entre os fatores que mais trazem danos à saúde está o consumo de álcool.

As bebidas alcóolicas são tóxicas para o organismo, e podem levar ao surgimento de diversos problemas, aponta a médica nutróloga Marcella Garcez, diretora e professora da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN).

Pensando nisso, especialistas de diferentes áreas listam motivos pelos quais você deve diminuir o consumo de álcool em 2023. Confira:

O álcool reduz o metabolismo

O fígado é o responsável por digerir as bebidas alcóolicas. Porém, esse órgão também é o responsável pelo metabolismo de gordura.

“Ele trabalha diariamente quebrando as gorduras da sua alimentação e eliminando as toxinas. Quando você bebe álcool, acaba adicionando mais uma tarefa na função do órgão. Dessa forma, seu fígado não consegue processar a gordura de maneira tão rápida e eficientemente, pois estará, também, trabalhando para expelir o álcool. Como consequência, ocorre a desaceleração do metabolismo, levando, inclusive, ao acúmulo de gordura”, explica Marcella.

Logo, como o fígado já estará sobrecarregado na tentativa de metabolizar o álcool, o recomendado é evitar alimentos pesados após consumir bebidas alcóolicas. O ideal é dar preferência a carnes brancas cozidas e grelhadas, além de muita salada e frutas.

Beber danifica a aparência da pele

“O álcool é um diurético e a perda de água cutânea causa ressecamento e descamação da pele. A pele também tende a ficar avermelhada após a ingestão de bebidas alcoólicas, pois elas dilatam os vasos. Além disso, as rugas ficam mais visíveis, a pele fica mais oleosa e a rosácea piora. A produção de radicais livres também aumenta com o consumo do álcool, o que favorece o envelhecimento precoce e a flacidez. Três drinks já são suficientes para sentirmos os efeitos na pele”, explica a dermatologista Cintia Guedes, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Leia a reportagem completa no Saúde em Dia, parceiro do Metrópoles.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

The post Janeiro seco: veja 7 motivos para diminuir o consumo de álcool em 2023 first appeared on Metrópoles.