No Planalto, Dilma elogia Jorge Messias, novo AGU: “Me ajudou a acertar”

0

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) foi convidada para discursar na posse do novo advogado-geral da União (AGU), Jorge Messias, realizada na noite desta segunda-feira (2/1), no Palácio do Planalto (leia sobre a posse mais abaixo).

Em sua fala, a petista agradeceu Messias pelo tempo em que o procurador foi subchefe para Assuntos Jurídicos da Presidência da República (SAJ), época em que Dilma comandou o Palácio do Planalto.

Dilma ressaltou a importância da AGU e da SAJ, órgãos que dão pareceres sobre a legalidade de atos relacionados à Presidência.

“Se você não tiver uma Advocacia-Geral da União forte, vai ser muito difícil que o Executivo também tenha uma atitude de respeito ao Legislativo e ao Judiciário”, disse.

“Eu devo a vários outros uma contribuição, mas quero destacar a contribuição que foi dada a mim pelo meu querido Jorge Messias. […] Eu sempre digo isso: os erros são meus, mas eu agradeço ao Messias por ter me ajudado a acertar”, prosseguiu.

Posse na AGU

Procurador da Fazenda Nacional, Jorge Messias tomou posse, na noite desta segunda-feira, como novo advogado-geral da União do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A cerimônia ocorreu no Salão Nobre do Palácio do Planalto.

Como AGU, Messias terá a atribuição de dirigir a instituição, representar a União junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) e assessorar direta, imediata e pessoalmente a Presidência da República.

O órgão, que tem status de ministério, também fornece orientações jurídicas a respeito de ações adotadas pelo governo federal, como licitações, contratos, decretos e portarias.

O “Bessias” de Dilma

À época em que foi subchefe para Assuntos Jurídicos da Presidência da República do governo da presidente Dilma Rousseff (PT), Messias ficou conhecido por ter o nome citado em uma conversa entre Lula, que iria assumir a Casa Civil, e a então mandatária do país, na qual a qualidade do áudio fez seu nome ser ouvido como “Bessias”. A conversa foi grampeada no âmbito da Operação Lava Jato e divulgada pelo então juiz e atual senador Sérgio Moro.

Relembre a conversa grampeada:

Dilma: “Alô.”
Lula: “Alô.”
Dilma: “Lula, deixa eu te falar uma coisa.”
Lula: “Fala, querida. Ahn?”
Dilma: “Seguinte, eu tô mandando o ‘Bessias’ junto com o papel pra gente ter ele, e só usa em caso de necessidade, que é o termo de posse, tá?!”
Lula: “Uhum. Tá bom, tá bom.”
Dilma: “Só isso, você espera aí que ele tá indo aí.”
Lula: “Tá bom, eu tô aqui, fico aguardando.”
Dilma: “Tá?!”
Lula: “Tá bom.”
Dilma: “Tchau.”
Lula: “Tchau, querida.”

Quem é Jorge Messias

Natural de Pernambuco e com 42 anos, Jorge Messias é graduado em Direito pela Faculdade de Direito do Recife (UFPE) e mestre em Desenvolvimento e Cooperação Internacional pela Universidade de Brasília (UnB), onde atualmente conclui um doutorado na mesma área.

O novo advogado-geral da União é servidor de carreira da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional desde 2007. Ele já foi subchefe para Assuntos Jurídicos da Presidência da República do governo Dilma, secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior do Ministério da Educação e consultor jurídico dos ministérios da Educação e da Ciência, Tecnologia e Inovação.

O agora AGU também atuou como procurador do Banco Central e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

The post No Planalto, Dilma elogia Jorge Messias, novo AGU: “Me ajudou a acertar” first appeared on Metrópoles.