Presidente do TRE-DF repudia vandalismo e reforça defesa da democracia

0

O Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF), por meio do presidente da corte, o desembargador Roberval Belinati, repudiou os atos de vandalismo registrados neste domingo (8/1) em Brasília. Bolsonaristas invadiram o Congresso Nacional, o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Palácio do Planalto contra a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições 2022.

Em nota, Belinati afirmou que o processo eleitoral ocorreu com “total licitude”. Ele reforçou que é preciso “preservar a segurança das instituições e do patrimônio comum, bem como dos cidadãos e das cidadãs do Brasil.”


Publicidade do parceiro Metrópoles 1


Publicidade do parceiro Metrópoles 2


Publicidade do parceiro Metrópoles 3


Publicidade do parceiro Metrópoles 4


Publicidade do parceiro Metrópoles 5


0

O presidente pediu que os moradores de Brasília saiam das ruas. “Vale, por fim, um apelo da Justiça Eleitoral da capital da República, epicentro dos indesejáveis acontecimentos da tarde deste domingo, para que cada um retorne aos seus lares em segurança, retomando suas rotinas pessoais e profissionais pelo bem de suas famílias e do desenvolvimento nacional.”

“A ordem e a paz são necessárias para que a democracia seja preservada, os direitos individuais mantidos e o funcionamento das instituições garantido. São fundamentais à manutenção do respeito do país enquanto nação na comunidade internacional e para assegurar o bom funcionamento dos serviços públicos e privados que atendem à população”, completa a nota do presidente do TRE-DF.

Invasões

Por volta das 14h40, extremistas invadiram o Congresso Nacional sob uma chuva de bombas de gás lacrimogênio. Em seguida, conseguiram passar pelas barricadas da Polícia Militar do Distrito Federal e entrar no Palácio do Planalto, sede da Presidência da República.

Eles protestam contra a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições 2022. Os bolsonaristas conseguiram passar pelas forças de segurança. Em resposta, o governador Ibaneis Rocha (MDB) determinou a exoneração do secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, Anderson Torres.

O presidente Lula (PT) decretou intervenção federal no DF até 31 de janeiro.

The post Presidente do TRE-DF repudia vandalismo e reforça defesa da democracia first appeared on Metrópoles.