Quem foi Márcio Freire, surfista brasileiro que morreu em Portugal

0

O surfista Márcio Freire, especialista em ondas gigantes, morreu nessa quinta-feira (5/1), aos 47 anos. O atleta se envolveu em um acidente enquanto descia um dos grandes paredões da Praia do Norte, em Nazaré, Portugal, e não resistiu aos ferimentos.

Márcio, considerado uma das referências no esporte, sempre andava acompanhado de mais dois amigos baianos, Danilo Couto e Yuri Soledad. O trio acabou virando assunto de um documentário, chamado “Mad Dogs”, ou Cachorros Loucos,  apelido dado pelo hábito de os baianos sempre encararem ondas gigantes sem coletes salva vidas e sem o auxílio de jet skis no Havaí.

“Não tínhamos segurança nenhuma. Era pura coragem guiada pela vontade de descer uma onda enorme. Os riscos eram muitos sem uma segurança devida. Se acontecesse algum acidente, seria o fim da jornada. Nada nós forçou a fazer o que fizemos. Era tudo pra nós mesmos, pra nossa satisfação pessoal. Eu por exemplo, nunca tive patrocínio ou dinheiro envolvido na minha jornada” contou o surfista em entrevista ao site da Red Bull.

Márcio Freire viajou o mundo todo com o surfe e é considerado uma das lendas da modalidade em ondas gigantes. Aos 23 anos, em 1998, foi um dos primeiros a se desafiar na onda Jaws, em Maui (Havaí).

Em 2020, o surfista voltou para suas origens. Retornou à Bahia devido à saudade da sua cultura. O surfista sempre usava suas redes sociais para registrar momentos com as ondas, familiares e amigos. Márcio estava passando uma temporada em Portugal, acompanhado por familiares, quando sofreu o acidente que tirou sua vida.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Marcio Freire (@marciofreiremaddog)

The post Quem foi Márcio Freire, surfista brasileiro que morreu em Portugal first appeared on Metrópoles.