Ronaldo Fenômeno nunca perdoou a “bola nas costas” do Athletico-PR

0

Ronaldo Fenômeno, o dono do Cruzeiro, continua inconsolável. E não é para menos. Nesse final de semana, segundo o jornal Mundo Deportivo, o Barcelona fez uma consulta ao Athletico-PR sobre a situação do atacante Vitor Roque.

O Furacão pede 35 milhões de euros (R$ 195 milhões) para liberar o atacante. E, como já tratamos desse assunto aqui na coluna, é exatamente por esse motivo que o Fenômeno está injuriado, quase sem dormir, por causa da “bola nas costas” que levou do Furacão.

Para entender essa novela, é preciso saber que Vitor Roque era jogador da base do Cruzeiro. Ronaldo via nele um grande futuro e chegou a prospectar sua venda para clubes europeus.

Para que se tenha uma ideia, a multa rescisória para tirá-lo da Raposa era de 300 milhões de euros, mas, pela legislação, esse valor só era válido para clubes do exterior.

Como o Cruzeiro pagava a Vitor um salário de apenas R$ 12 mil por mês, a multa para o mercado interno ficou estabelecida em R$ 24 milhões. Sabendo que a família do menino estava insatisfeita com esse contracheque, o Athletico depositou a multa e levou-o para Curitiba, com um salário 15 vezes maior.

“Pegou a gente de surpresa. Não tinha nenhum diagnóstico do jogador, nenhuma reclamação. A gente estava discutindo renovação do contrato e, de repente, meio que na calada da noite, foi feito isso aí”, disse Ronaldo na época, visivelmente decepcionado.

Agora, se ele for vendido ao Barcelona por R$ 195 milhões, o Cruzeiro verá exatamente o tamanho do seu prejuízo.

Vale destacar que, ainda muito jovem – antes de chegar na Toca da Raposa – Vitor Roque era jogador do América, que ainda detém 15% dos direitos econômicos. Qualquer negociação que for feita, também dará lucro ao time mineiro.

O inferno astral do Fenômeno

E o ano de 2023 parece que começou bem complicado para Ronaldo. O Valladolid, outro clube em que atua como gestor, está em 15º colocado na Espanha, e a torcida não está nada satisfeita com ele.

Na rodada do fim de semana, faixas foram exibidas no Estádio José Zorrilla, como forma de reclamação pela maneira em que o dirigente conduz o clube.

“Ronaldo defende o Real ? Madrid? Valladolid”, era o recado em uma das faixas produzidas pela torcida ‘Valladolid 84’, fazendo referência ao passado do ex-atacante no clube da capital espanhola.

Para acompanhar as atualizações da coluna, siga o “Futebol Etc” no Twitter; e também no Instagram.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu celular? Entre no canal do Metrópoles no Telegram e não deixe de nos seguir também no Instagram!

The post Ronaldo Fenômeno nunca perdoou a “bola nas costas” do Athletico-PR first appeared on Metrópoles.