Senado estima prejuízo de até R$ 4 milhões após atos terroristas

0

Em um levantamento preliminar, o Senado Federal estima que as reformas para reparar a destruição provocada pelos atos terroristas desse domingo (8/1) vão custar entre R$ 3 milhões e 4 milhões para a Casa. O valor abarca a instalação de novos vidros, reforçados por uma película antivandalismo, e a troca de todo o carpete do Salão Azul.

Os dados foram levantados em reunião nesta segunda-feira (9/1) entre diretores das áreas técnicas do Senado. Materiais como computadores, teclados, equipamentos de comunicação também foram danificados. Além disso, os equipamentos usados pela Polícia Legislativa durante a ação terão que ser repostos.

Segundo Ilana Trombka, diretora-geral do Senado, a ação mais urgente, por questões de segurança, será a troca dos vidros e espelhos quebrados. Só esse reparo pode custar R$ 1 milhão.

Há ainda obras de arte e peças históricas danificadas e que são mais difíceis de estimar o prejuízo. Os extremistas avariaram e urinaram em uma tapeçaria de Burle Marx, por exemplo. No Museu do Senado, um quadro de 1890 que retrata a assinatura da Constituição foi danificado. Além de um tinteiro de bronze da época do Império, quebrado.

“Nós vamos fazer todos os esforços para fazer toda essa reparação com o mínimo de dano ao Erário, ainda que aqueles que invadiram o Senado não tenham tido esse cuidado”, afirmou Trombka.

Os vândalos que invadiram o Congresso Nacional e outros prédios públicos também roubaram presentes oficiais dados por chefes de Estado e representantes de outros países que visitaram o Senado.

O prejuízo, no entanto, será calculado pela Câmara dos Deputados, já que os itens ficavam sob a guarda desta Casa.

Veja imagens da destruição deixada por terroristas no Senado:


Publicidade do parceiro Metrópoles 1


Publicidade do parceiro Metrópoles 2


Publicidade do parceiro Metrópoles 3


0

The post Senado estima prejuízo de até R$ 4 milhões após atos terroristas first appeared on Metrópoles.