Tarcísio estuda reforma da máquina para extinguir “puxadinhos” do PSDB

0

São Paulo – O governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) estuda com sua equipe promover uma reforma administrativa no governo paulista, que conta com mais de 1,1 milhão de servidores.

Um dos principais objetivos da medida é reorganizar os cargos da cúpula da máquina estadual, repleta de “puxadinhos” herdados do governo do PSDB, segundo auxiliares do novo governador

O termo tem sido usado pela equipe de Tarcísio para descrever cargos e departamentos que foram criados ou remanejados ao longo das últimas décadas, durante as gestões tucanas, de forma precária, porém permanente.

Entre eles, por exemplo, há uma estrutura dentro de uma secretaria que é ocupada por funcionários da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).

Como a Sabesp é uma empresa de economia mista, ela pode pagar salários acima do teto do funcionalismo público, que é estabelecido pelo salário do governador.

Segundo auxiliares de Tarcísio, virou prática comum os tucanos indicarem servidores para serem lotados na Sabesp, com vencimentos mais altos, mas transferi-los para funções em outras secretarias dentro do governo.

Nesta primeira semana de mandato, o secretariado de Tarcísio ainda está mapeando “puxadinhos” e delimitando quais são as necessidades de cada pasta.

A etapa seguinte é propor um novo conjunto de normas legais para reorganizar a máquina estatal. Segundo auxiliares, o objetivo das medidas é trazer mais eficiência à gestão pública.

The post Tarcísio estuda reforma da máquina para extinguir “puxadinhos” do PSDB first appeared on Metrópoles.